Ex-prefeito é morto pelo próprio pai com tiro no peito em Baraúna

Ex-prefeito é morto pelo próprio pai com tiro no peito ao

Ex-prefeito é morto pelo próprio pai com tiro no peito ao ser confundido com assaltante

Na noite desta última segunda-feira (12), o ex-prefeito de Baraúna (PB), Alyson Azevedo, 37 anos, foi morto pelo próprio pai, que o teria confundido com um assaltante. Segundo informações da Polícia Civil, ele teria tentado entrar na casa para socorrer o pais, após vizinhos alertarem sobre um ponto de fumaça no imóvel.

Leia mais: Jovem estuprada pelo padrasto poderá ficar 20 anos na cadeia
Leia mais: Mãe deixa filha de 4 anos ser estuprada para agradar o marido! “Ele adorava”
Leia mais: Mulher é estuprada, decapitada e enterrada em cova rasa

Alyson tentou arrombar a porta, quando o pai, Adilson Azevedo, disparou de dentro da casa contra o suposto assaltante, que era seu filho. Alyson foi atingido no peito, foi encaminhado para um hospital, mas não resistiu. Testemunhas relataram que a fumaça que saía da casa era de uma panela que estava no fogão, mas ninguém conseguia acordar Adilson. Ele vai prestar depoimento à polícia nesta terça-feira (13) sobre o caso.

Alyson Azevedo foi eleito prefeito da cidade de Baraúna em 2008, pelo MDB, enquanto seu pai, Adilson Azevedo, foi o candidato eleito das Eleições 2000, pelo mesmo partido, na época ainda PMDB.

Compartilhe