respiradores na Bahia

Dinheiro já está em caixa e poderá ser utilizado para realizar novos investimentos na área da saúde na Bahia

A empresa-norte Ocean 26 Inc devolveu à Bahia o valor de compra antecipada dos 600 respiradores não recebidos pelo Governo. A restituição acontece após acordo judicial celebrado e homologado pelo Tribunal Distrital dos Estados Unidos do Distrito Central da Califórnia. A informação foi divulgada pelo Governo da Bahia nesta quinta-feira (3). Em nota, foi informado que o dinheiro já está em caixa e poderá ser utilizado para realizar novos investimentos na área da saúde.

O valor da devolução não pode ser divulgado por conta de uma decisão da justiça dos Estados Unidos. No entanto, o governo informou que o dinheiro foi devolvido quase que em sua totalidade.

A compra foi formalizada em março de 2020 e a entrega dos equipamentos deveria ter sido realizada em abril daquele mesmo ano. O governo baiano antecipou parte do valor do pagamento, cerca de 8,4 milhões de dólares, de um total de quase 11 milhões de dólares, mas os respiradores nunca foram entregues, fato que motivou a ação judicial contra a empresa perante a justiça americana.

De acordo com a Procuradoria Geral do Estado (PGE), a decisão judicial favorável à Bahia não impedirá a continuação de outras medidas a serem adotadas de responsabilização.

Empresa suspeita de fraude na Bahia ofereceu respiradores a outros estados. HempCare Pharma é acusada de ter desviado R$ 48,7 milhões destinados à compra de 300 equipamentos chineses

A empresa que o Consórcio Nordeste acusa de ter desviado R$ 48,7 milhões destinados à compra de 300 respiradores chineses ofereceu o mesmo serviço a órgãos federais e a outros estados, afirmou nesta segunda-feira (1º) o secretário de Segurança Pública da Bahia, Maurício Telles Barbosa.

Compartilhe