Após brigas, Moema pede ambulâncias para Mirela ‘mandar para onde quiser’

Moema pede ambulâncias para Mirela

Moema pede ambulâncias para Mirela ‘mandar para onde quiser’

“Não faço questão da autoria dessas ambulâncias, o importante é que o povo seja beneficiado”, publicou a prefeita no Instagram

Após anunciar publicamente o rompimento com a deputada Mirela Macedo (PSD), a prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho (PT), disse que solicitou duas ambulâncias para a parlamentar “mandar pra onde quiser”.

Leia mais: Entrevista com o pré-candidato a prefeito de Lauro de Freitas em 2020 Leo Barros

A petista postou uma foto com a secretária de Relações Institucionais do Estado, Cibele Carvalho, e o chefe de gabinete do governador, Cicero Monteiro, com o ofício.

Solicitando que sejam adquiridas 2 ambulâncias do saldo dos 7,5 milhões de reais de emendas pra saúde, de quando fui deputada federal e autorizei que destinasse para a deputada Mirela Macedo, pra ela mandar pra onde quiser, esperando que seja em Lauro de Freitas, escreveu Moema no Instagram.

Não faço questão da autoria dessas ambulâncias, o importante é que o povo seja beneficiado, completou a prefeita.

A briga entre as duas começou quando Mirela, possível candidata a prefeita em Lauro, reclamou de não ser convidada para uma agenda do governador Rui Costa no município.

A prefeitura de Lauro nunca me convidou para nada e eu também nunca questionei, a mas a partir do momento que entra na minha seara eu senti muita tristeza, discursou a deputada, na Assembleia.

Em resposta, Moema acusou Mirela de traição e disse que não a convidou para o evento com Rui a pedido da equipe do próprio governo.

“Cibele já cansou de explicar à deputada que o evento foi fechado, sem convites pra deputados e que me disse pra não mobilizar, que o Governador só ia fazer um exercício de matemática numa aula de “Reforço” numa Escola Estadual. Que bastava eu ir recebê-lo, até porque seria uma coisa rápida”, disse a prefeita, ao informar o rompimento.

Compartilhe