Vereador alerta para risco de rompimento na barragem de Lauro de Freitas

Vereador alerta para risco de rompimento na barragem de Lauro de Freitas

Vereador alerta para risco de rompimento na barragem de Lauro de Freitas

O vereador e presidente da Câmara de Lauro de Freitas, Antônio Rosalvo muito triste com a tragédia ocorrida em Brumadinho faz um alerta para a barragem do Rio Joanes. Vereador alerta para risco de rompimento na barragem de Lauro de Freitas

Leia mais: Menina de 14 anos é presa com 17 porções de cocaína na vagina

Vereador alerta para risco de rompimento na barragem de Lauro de Freitas

Rosalvo ressaltou que em 2016, a Câmara dos Deputados Estaduais de Minas recebia o Projeto de Lei que endureceria ainda mais as regras de mineração no estado, mas infelizmente não foi aprovado.

Em Lauro de Freitas, o mandato do vereador Rosalvo já cobrou inúmeras vezes atenção com a barragem do Rio Joanes no Jambeiro, para a manutenção na sua estrutura, pois existem rachaduras e milhares de metros cúbicos de lama no fundo da barragem, fazendo pressão em sua estrutura, “mas também até o presente momento nada foi feito, nenhuma intervenção foi realizada”, afirmou o edil.

Vereador alerta para risco de rompimento na barragem de Lauro de Freitas

Minhas orações e pedidos a Deus é que preserve as vidas daqueles em Minas Gerais e dos muitos outros lugares em perigo iminente, e renove as forças destes guerreiros salva-vidas.

Até quando esse eventos não nos servirão de alerta para tantos outros que podem ser evitados, finalizou o vereador.

Fonte: LFNEWS

Antônio Rosalvo Batista Neto, pai de Gabriel, é advogado com experiência na área empresarial. Também cursou administração e finanças. Eleito vereador pelo PSDB em 2008, exerceu a presidência da Câmara Municipal de Lauro de Freitas entre janeiro de 2011 e dezembro de 2012 e atualmente está presidindo a câmara de vereadores esse ano.

Nascido a 27 de maio de 1979, segundo filho de uma família de pescadores, Rosalvo mudou-se com os pais para o Jambeiro aos nove anos de idade. Tem quatro irmãos. No Jambeiro, o pai abriu um mercadinho e era disso que a família vivia.

Compartilhe