Trafigata

‘Trafigata’ recebe 20 tiros em tentativa de assassinato e escapa com vida

A traficante Camila Marodin, que ficou conhecida como “Trafigata“, sofreu uma tentativa de assassinato na tarde de segunda-feira (31), em Curitiba (PR). As informações são do jornal O Globo.

Marodin, que cumpre prisão domiciliar e usa tornozeleira eletrônica, havia ido às compras em um mercado próximo à sua casa, no bairro Alto Boqueirão, na capital paranaense.

Quando voltava para casa, acompanhada de um amigo identificado como Paulo, uma rajada de tiros foi disparada de um carro de cor cinza. Cerca de 20 tiros foram disparados, mas acertaram apenas o homem que a acompanhava. Ele foi levado ao Hospital do Trabalhador.

Veja também: Confederação orienta prefeitos a não darem reajuste a professores de 33,24%

Segundo o advogado de Marodin, a casa no Alto Boqueirão foi a terceira que ela usou como residência desde que começou a cumprir prisão domiciliar, em meados de dezembro, pois já havia a suspeitas de que ela estava ameaçada.

Ela foi presa preventivamente em 12 de dezembro, em Matinho, no litoral do estado, em uma operação da Polícia Militar que investigava a quadrilha da qual ela fazia parte. Ela foi denunciada por associação ao tráfico, lavagem de dinheiro e formação de organização criminosa.

Ainda segundo O Globo, dias antes, a traficante viu o marido ser executado durante a festa de aniversário de um dos filhos do casal, em Pinhais.

Um minuto, por favor…

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras custa tempo e dinheiro. Nós, do DEOLHO News, temos o compromisso diário de levar até os leitores conteúdos críticos, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Se você acredita no nosso trabalho, apoie da maneira que puder ou, se preferir… Faça uma Doação CLICANDO AQUI

Compartilhe