Padrasto suspeito de matar enteada pula de viaduto para fugir em SP

Padrasto suspeito de matar enteada pula de viaduto

Mãe da menina encontrou a filha morta depois de voltar do trabalho. A irmã mais nova estava no local e presenciou toda a ação

Um homem teria se jogado de um viaduto após assassinar sua enteada, na cidade de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, na segunda-feira (13). Ele também é suspeito de abusar sexualmente da criança de dez anos, que é filha de sua ex-companheira.

Leia mais: Menino de 4 anos chama a polícia e mãe é presa após triste descoberta

A mãe da menina encontrou a filha morta depois de voltar do trabalho, em sua casa. A irmã mais nova da criança assassinada estava no local e presenciou toda a ação.

O homem teria matado ex-enteada em ato de vingança da esposa, após separação do casal.

Ele confessou o crime à polícia, mas negou que abusou sexualmente da menina. O homem foi encontrado pela madrugada na polícia, bastante ferido após pular do viaduto.

Ao sargento que o encontrou, o homem contou que entrou em luta corporal com a criança, desferindo três facadas em sua enteada. O acusado do crime relatou que estava sobre efeito de drogas.

Ele já era procurado pela justiça há quatro anos, por tentativa de homicídio. O suspeito também tinha passagens na polícia por porte de drogas.

Compartilhe