Menino tenta tirar própria vida após bullying do professor

Menino tenta tirar própria vida

Menino tenta tirar própria vida após bullying do professor

O MENINO COM NECESSIDADES ESPECIAIS TENTOU TIRAR A PRÓPRIA VIDA APÓS SOFRER BULLYING POR MAIS DE UM ANO

Um menino de 11 anos com necessidades especiais tentou tirar a própria vida após sofrer bullying de seus professores por mais de um ano. O pequeno Jamari Dent realizou a tentativa de suicídio em fevereiro deste ano. O caso veio à tona nesta quarta-feira (12/06) porque a mãe de Jamari está processando as escolas públicas de Chicago nos Estados Unidos pelo que ocorreu com seu filho. Menino tenta tirar própria vida.

Leia mais: Grávida de 14 anos é enterrada viva após ser estuprada

Outros dois pais também estão processando as escolas públicas de Chicago por bullying que os professores cometeram. No caso do pequeno Jamari, o bullying ocorreu em duas escolas diferentes ao longo do período de um ano.

Na primeira escola, Medgar Evers, o pequeno sofreu bullying de alunos e de professores. Uma professora em especial foi quem cometeu mais bullying nesta escola. De acordo com o processo, esta professora além de xingar a criança de “retardado”, “idiota”, entre outros, ainda fez comentários racistas contra Jamari.

Jamari é negro e a professora fez diversos comentários racistas sobre ele para toda a classe. Ela chegou a dizer que o cabelo afro do garoto era o que estava “deixando ele burro”. Esta professora também agrediu Jamari fisicamente.

Diante de tudo isto e após a diretoria não fazer nada a respeito, a mãe de Jamari, Teirra Black, decidiu tirá-lo da escola.

Infelizmente, quando ele foi transferido para a escola Woodson Elementary, o bullying continuou e ainda piorou. Nesta escola três professores chegaram a atacar Jamari fisicamente, em três ocasiões diferentes. Teirra falou com a diretoria sobre o bullying diversas vezes, mas não adiantou.

Foi quando em fevereiro, o pequeno Jamari tomou a medida desesperada de tirar a própria vida. Ele tentou se enforcar no quarto e foi encontrado pela irmã de nove anos.

Jamari foi ressuscitado e segue hospitalizado desde então. Ele teve danos cerebrais por causa do ocorrido e precisará respirar com a ajuda de aparelhos durante toda sua vida.

Menino tenta tirar própria vida

O processo da mãe e dos outros dois pais contra as escolas públicas de Chicago está em andamento.

Compartilhe