O médico Gillian Vitor Reis, 28 anos, trabalhava na Unidade de Pronto Atendimento de Santo Amaro de Ipitanga

O médico Gillian Vitor Reis, 28 anos, que trabalhava na Unidade de Pronto Atendimento de Santo Amaro de Ipitanga, Lauro de Freitas, morreu vítima da Covid-19. A informação foi confirmada pelo coordenador da Unidade,Gil Jaraguá.

O médico, que era da cidade de Sud Mennucci, no interior de São Paulo, morreu na sexta-feira (15), após ficar internado em um hospital de Rio Preto para tratamento da Covid-19.

De acordo com o Gil Jaraguá, o médico trabalhou na unidade até o mês de dezembro, e ficava a frente do combate a covid-19 como plantanista.

“Ele cuidou de muita gente, malhava, jovem, muito simpático, e infelizmente foi para São Paulo, e pegou covid, e veio a falecer”, afirmou o coordenador.

Compartilhe