Lauro de Freitas: Audiência termina em quebra-pau com a prefeitura

Audiência termina em quebra-pau

Audiência termina em quebra-pau com a prefeitura de Lauro de Freitas

Associações acusam Administração Municipal de forjar o PDDM para desvalorizar o imóvel

Uma audiência pública para discutir o Plano de Bairros direcionado aos moradores de Buraquinho, em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador, acabou em confusão na última quarta-feira (6). Alguns participantes deixaram o local antes do fim da reunião após longa e tensa discussão com a prefeita Moema Gramacho (PT). Além de troca de tapas, um homem também teria feito um gesto obsceno para a gestora do município, que protestou. Audiência termina em quebra-pau

Veja também: Policial é estuprado por ‘travestir Thais’ durante 3 horas

A assessoria da prefeitura informou que teve pronunciamento para todos os lados, mas a maioria seguiu o que estava proposto: apresentar e discutir propostas para os próximos dez anos. Buraquinho foi o 17º bairro a receber a audiência do Planos de Bairro, ferramenta aprovada na revisão do Plano Diretor de Desenvolvimento Municipal (PDDM), no ano passado. A próxima reunião acontecerá nesta quarta-feira (13), no Colégio Mendel, destinada aos moradores de Vilas do Atlântico.

Associações locais têm convocado moradores e empresários para que participem das audiências. Em publicação feita em seu site, a Sociedade dos Amigos do Loteamento Vilas do Atlântico (Salva) convoca a população para a discussão.

A prefeita vai encher de funcionários para tentar calar nossa voz, mas não vamos deixar! Venha, traga seus vizinhos e defenda seu patrimônio contra a desvalorização de Vilas do Atlântico que poderá virar uma selva de prédios da MRV desvalorizando o loteamento e detonando a qualidade de vida, avisa.

Além da Salva, o mesmo discurso é adotado por outros integrantes da União das Associações Costeiras, AMOVA, AMOM, AMI e UNIMB.

Compartilhe