mulher bota fogo no próprio corpo 

Apos traição, mulher bota fogo no próprio corpo

Uma mulher de 30 anos aproximadamente se banhou com uma garrafa de álcool e depois ateou fogo no próprio corpo. A automutilação aconteceu em Vitória, capital do Estado do Espírito Santo, de acordo com informação divulgada nas redes sociais, juntamente com os vídeos que mostram o ato suicida. O fim do relacionamento amoroso teria levado a mulher a entrar em uma forte crise de depressão e tomar a decisão de morrer queimada. Uma mulher bota fogo no próprio corpo

Depois de incendiar o corpo dentro de seu quarto a mulher foi socorrida pelos seus familiares e levada às pressas para uma Unidade Hospital Central da capital capixaba.

“Sabe o que é isso? Sabe? Isso aqui, sabe?. Eu vou morrer queimada. Tchau”, diz a mulher nos vídeos que aparecem publicados na internet.

Ela sofreu queimaduras de 1º e 2º graus e a família publicou nas redes sociais que terá de passar por cirurgias de recuperação dos tecidos afetados. A última informação emitida pelos médicos é que ainda é grave o estado de saúde da mulher que incendiou o próprio corpo após o fim do namoro, mas ela irá sobreviver.

Mulher Indonésia taca fogo no marido que se recusou a dar senha do celular

Na regência indonésia de Lombok Oriental, uma mulher queimou o marido por ele ter recusado a dar a senha do celular, informa o Daily Mail. Dedi Purnama, de 26 anos de idade, estava trocando as telhas quebradas da casa, quando sua mulher, Ilham Cahyani de 25 anos, pediu a senha do celular dele.
O homem se recusou a dá-la, iniciando, assim, uma discussão que progrediu para agressão contra ela, que contra-atacou jogando gasolina no corpo do marido e tacando fogo nele.
O delegado da regência, Made Yogi, declarou que a discussão verbal entre o casal só piorou quando Purnama desceu do telhado e começou a maltratá-la fisicamente. Cahyani teria usado um galão de gasolina e um isqueiro para incendiá-lo. Um vizinho correu para a casa do casal depois de ver as chamas e ajudou a apagá-las.
O homem foi levado às pressas para o Hospital de Keruak, onde passou dois dias internado, antes de morrer. Cahyani está presa e policiais continuam investigando o caso.

Um minuto, por favor…

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras custa tempo e dinheiro. Nós, do DEOLHO News, temos o compromisso diário de levar até os leitores conteúdos críticos, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Se você acredita no nosso trabalho, apoie da maneira que puder ou, se preferir… Faça uma Doação CLICANDO AQUI

Compartilhe