Cantora Perlla critica igreja evangélica após voltar ao funk: “Fui humilhada”

Cantora Perlla critica igreja evangélica após voltar ao funk: “Fui humilhada”

A cantora Perlla criticou atitudes da igreja evangélica e pastores evangélicos durante sua participação no programa “The Noite”, comandando por Danilo Gentili. Ela revelou ter sido aceita pelo órgão cristão quando ainda cantava funk, mas, após se converter e voltar aos palcos, foi criticada pelos religiosos. Por isso, a carioca os chamou de “hipócritas”. A entrevista vai ao ar nesta sexta-feira (24/11).

Perlla fez sucesso nos anos 2000 cantando funk, mas abandonou a carreira para engatar no meio gospel. Contudo, quando voltou para o funk, ela conta que os religiosos não a aceitaram. “Fui escorraçada, humilhada e por muito tempo machucada [pela igreja]”, confessou.

O burburinho a respeito da decisão da cantora de voltar à vida artística começou quando ela foi convidada a cantar pagode gospel em uma rádio. Perlla disse que, além desse estilo, soltou a voz com músicas românticas, mas, chegando em casa, recebeu o telefonema de um pastor. “Ele mandou a secretária me ligar e remarcar a data [de um show naquela igreja]. Depois, foi para as redes sociais me escrachar, dizendo que eu não ia pisar naquele altar santo dele”, contou.

Leia também:

Você comprou na Black Friday e se arrependeu? Veja o que fazer

Cantora

Apesar da polêmica, Perlla garantiu que não abandonará a música. Revelou que, sendo a primeira artista de “pop funk”, recebe apoio de Anitta. “Ela passou pelo o que eu fazia e voou. Eu tinha parado e ficou uma lacuna no mercado. Foi aí que todo mundo começou a aparecer e estourar”, concluiu.

Fonte: metropoles

Compartilhe