BOMBA: Filha de João de Deus acusa o pai de estupro 

Filha de João de Deus acusa o pai de estupro

Filha de João de Deus acusa o pai de estupro

Filha de João Teixeira de Faria, o João de Deus, move contra ele uma ação de reparação por danos morais sofridos em razão de estupro continuado. O valor da causa é de R$ 50 milhões. Filha de João de Deus acusa o pai de estupro.

Leia mais: Briga entre irmãos para namorar uma JUMENTA acaba em tragédia 

Nos autos, que tramitam em segredo de justiça, a mulher classifica o pai como um homem bruto, cruel, violento.

Procurado pela reportagem, o advogado Marcos Eduardo Cordeiro Bocchini disse que não poderia se manifestar em razão do sigilo.

Uma fonte do MP de Goiás informou que a vítima teria sido violentada quando ainda era menor de idade, o que configuraria estupro de vulnerável.

Embora ela só tenha decidido mover a ação em meados deste ano, os filhos da vítima já processaram João de Deus anteriormente pelo caso, que teria sido encerrado após acordo.

O advogado Alberto Toron, que defende João de Deus, alegou a existência de um vídeo que a filha do médium teria gravado retirando as acusações – mas não o apresentou. Bocchini afirmou desconhecer o material.

Fonte: o antagonista

Outro caso

Vítima contou que foi estuprada 10 vezes. Pelos menos outras 25 vítimas fizeram novas denúncias a programa de TV

Uma mulher revelou, neste domingo (9/12), ter sido estuprada pelo médium João de Deus quando tinha 11 anos. Hoje adulta, ela contou ao programa Fantástico que o abuso teria ocorrido ao menos 10 vezes. “Eu chorava e dizia: ‘Eu quero minha mãe’ e ele respondia: ‘fica quieta’”.

Pelo menos 25 mulheres procuraram a produção do semanário televisivo desde a divulgação das denúncias, no programa “Conversa com Bial”, na madrugada de sábado (8). O Fantástico apresentou alguns desses depoimentos.

Outra mulher disse que foi violentada aos 15 anos e, devido à fama de João de Deus, afirmou não ter denunciado por achar ser a única vítima do médium.

O filho de uma das denunciantes, morta há quatro meses, também procurou a produção do programa. Segundo ele, a mãe sofria de câncer e estava atrás da cura para a sua enfermidade. Quatro dias antes de morrer, ela contou à família que durante um atendimento individual o médium teria colocado a mão dentro de sua calcinha. Como ela ficou nervosa, João de Deus teria pedido calma e dito que mais nada aconteceria. João de Deus é acusado de estuprar mais de 200 mulheres, inclusive, crianças.

Compartilhe