Aviões da falida Vasp são retirados do aeroporto de Salvador

As duas últimas aeronaves da Viação Aérea São Paulo (Vasp) que ainda permanecem no Aeroporto Internacional de Salvador serão retiradas do pátio nesta quarta-feira (28). Os Boeing 737-200, que pertenciam à empresa falida em 2008 e estavam no pátio do terminal há anos sem uso, medem cada 30 metros de comprimento, com envergadura de 28 metros e peso de 40 toneladas. A retirada dos aviões em desuso do pátio faz parte da etapa de preparação para o início das obras de melhorias do aeroporto, previstas no contrato de Concessão da Anac para o segundo trimestre deste ano. A remoção das aeronaves será feita pelas empresas privadas que arremataram os equipamentos em leilão judicial. Essas companhias têm a total responsabilidade de programação de data, horário, estratégia de deslocamento e liberação junto aos órgãos competentes. Os últimos Boeing remanescentes seguirão para o interior de São Paulo com a ajuda de carretas e batedores.

 

Fonte: BN

Compartilhe