Vazou! Vídeo de encontro entre Neymar e modelo que o acusa de estupro

Vídeo de encontro entre Neymar e modelo

Vídeo de encontro entre Neymar e modelo que o acusa de estupro

Nas imagens, é possível observar a mulher dando tapas em Neymar, que se defende pedindo calma, enquanto ela fala: ‘eu vou te bater porque você me agrediu ontem’. Vídeo de encontro entre Neymar e modelo.

Leia mais: Baiana que acusa Neymar quebra silêncio: ‘Fui agredida e estuprada

Vazou nas redes sociais na noite desta quarta-feira um suposto vídeo (confira abaixo) de um momento de briga entre Neymar e Najila Trindade Mendes de Souza, que o acusou de estupro. As imagens teriam sido gravadas em maio deste ano no quarto do hotel em que os dois se encontraram em Paris, na França.

É possível observar a mulher dando tapas em Neymar, que se defende pedindo calma, enquanto a mulher fala, gritando, que “eu vou te bater porque você me agrediu ontem e me deixou aqui sozinha”. À “Record TV”, o pai de Neymar já havia confirmado que tinha conhecimento sobre este vídeo, dizendo que o mesmo provaria que o filho é quem foi agredido.

Veja abaixo:

A modelo baiana Najila Trindade Mendes de Souza, que acusa o jogador Neymar de estupro, falou publicamente pela primeira vez e reafirmou que foi agredida e violentada. “Falei ‘para, está doendo’. E ele me virou, cometeu o ato. Pedi para ele parar, enquanto ele cometia o ato, e ele continuava batendo na minha bunda, violentamente”, relatou ela ao SBT. Questionada se considera que foi vítima apenas de uma agressão, ela nega. Agressão, juntamente com estupro. Baiana que acusa Neymar quebra silêncio.

Leia mais: Assembleia de Deus proíbe TV, maquiagem, brinco e usar barba

Ela explicou que Neymar pagou a viagem e sua hospedagem para Paris, com intenção dos dois ficarem juntos. “A gente conversou, conversei com ele como uma pessoa comum, era intuito sexual, era um desejo meu. Ficou até claro para ele isso. Ele perguntou quando eu poderia ir, eu disse ‘no momento não posso’, questões financeiras, não podia ir. E também questões da agenda e do meu trabalho. E daí ele sugeriu: ‘Tá, eu posso resolver isso”, conta ela.

A modelo disse ainda que Neymar ficou agressivo quando ela pediu que ele colocasse camisinha antes da relação sexual. Ele não falou nada, mas ignorou o aviso dela para que nada mais acontecesse, já que nenhum dos dois tinha preservativo. Essa versão já tinha sido dito mais cedo pela advogada Yasmin Pastore Abdalla, que a representa, para a colunista Mônica Bergamo, de Folha de S. Paulo. A acusadora será ouvida ainda esta semana na 6ª Delegacia de Defesa da Mulher. Neymar também será ouvido, em data ainda não definida.

Compartilhe