Segundo Sol passa vergonha e comete erro grotesco na morte de Remy

Segundo Sol passa vergonha e comete erro grotesco

Segundo Sol passa vergonha e comete erro grotesco em cena dramática na novela

A novela Segundo Sol escrita por João Emanuel Carneiro entra em sua reta final e tem utilizando os últimos capítulos para desvendar os principais mistérios da trama das nove da Globo. Por exemplo, o público já descobriu nos últimos dias que a morte de Remy (Vladmir Brichat) não passou de uma grande farsa tramada por Laureta (Adriana Esteves) e que o pilantra está vivo.

Leia mais: Sérgio Moro do filme da lava jato declara apoio a Haddad

No capítulo desta última terça-feira (23) de Segundo Sol, o autor resolveu mostrar como Laureta tramou tudo, desde Remy desmaiar ao lado de Luzia (Givoanna Antonelli) no quarto onde ele supostamente teria morrido, até a forma como a megera tramou com o delegado para conseguir incriminar a marisqueira. Até aí tudo bem. No entanto, a novela cometeu um erro de continuação que foi considerado bastante grotesco pelos telespectadores mais atentos.

É que no capítulo do dia 10 de setembro, que foi ao ar de Segundo Sol, no qual Remy morre, assim que Luzia foge da cena do crime e entra em um ônibus é mostrado Galdino, até então comparsa de Laureta, ligando para a megera para contar que a marisqueira fugiu e que o plano deu certo. Ainda neste capítulo, a vilã atende o telefone e está na casa dela na companhia de Karola (Deborah Secco).

Já no capítulo desta terça-feira (23) Laureta se deparou com Remy na casa dela de surpresa e os dois falaram sobre toda tramoia para a falsa morte dele. Acontece que desta vez, Laureta, ao relembrar do crime, não estava em casa, mas sim na própria cena do crime em um quarto ao lado do hotel, no qual Remy foi flagrado supostamente morto e Luzia deitada ao lado dele.

Xiii!

Compartilhe