varíola dos macacos

De acordo com a OMS, o surto da varíola dos macacos na Europa pode ter sido causado por hábitos sexuais de risco

Uma pesquisa realizada pela Agência de Saúde do Reino Unido com pessoas infectadas pela varíola dos macacos mostra que os homens britânicos representam 99% dos casos. Dos 314 entrevistados, apenas três eram mulheres. Além disso, o levantamento constata que 151 dos 152 cidadãos que preencheram questionários mais detalhados se identificaram como gays ou bissexuais.

Veja também: Homem faz tatuagem no ÂNUS em protesto contra Bolsonaro

https://twitter.com/UKHSA/status/1535291575420473347?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwterm%5E1535291575420473347%7Ctwgr%5E%7Ctwcon%5Es1_c10&ref_url=https%3A%2F%2Fwww.folhadapolitica.com%2F2022%2F06%2Fquase-100-dos-infectados-com-variola.html

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o surto de varíola dos macacos na Europa pode ter sido causado por hábitos sexuais de risco. Esse comportamento teria se disseminado em festas de música eletrônica de países como Espanha e Bélgica. Os primeiros casos foram verificados em homens que se relacionaram sexualmente com outros homens.

varíola dos macacos

Varíola dos macacos: Ministério da Saúde confirma 2º caso no RJ. É o oitavo caso da doença no país, segundo o governo federal. Homem, de 25 anos, é morador de Maricá e está isolado. Ele teve contato com estrangeiros.

O Ministério da Saúde confirmou na noite deste domingo (19) o segundo caso de varíola dos macacos no Estado do Rio de Janeiro. Trata-se do oitavo diagnóstico positivo no país. O paciente é um homem de 25 anos que vive em Maricá, na Região dos Lagos.

Ele não viajou ao exterior, mas relatou contato com estrangeiros. Segundo o Ministério da Saúde, o paciente apresenta quadro clínico estável, sem complicações, e está sendo monitorado pelo Instituto Nacional de Infectologia e pelas secretarias de Saúde estadual e municipal.

O caso foi confirmado pelo Laboratório de Enterovírus da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Ainda de acordo com o governo federal, todas as medidas de contenção e controle foram adotadas imediatamente após a comunicação de que se tratava de um caso suspeito da doença.

A Prefeitura de Maricá também informou a confirmação e destacou que a Coordenação de Vigilância em Saúde da cidade segue rastreando as pessoas que tiveram contato com o homem infectado no município.

O primeiro caso registrado no estado foi na cidade do Rio de Janeiro. Um homem de 38 anos residente em Londres, que chegou ao Brasil em 11 de junho e procurou atendimento médico no Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas (INI/Fiocruz) no dia seguinte. O resultado positivo foi confirmado dia 14 de junho.

O Brasil registra oito casos confirmados de varíola dos macacos, sendo quatro em São Paulo, dois no Rio Grande do Sul e dois no Rio de Janeiro. Outros seis casos permanecem em investigação. Todos estão isolados e em monitoramento.

Um minuto, por favor…

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras custa tempo e dinheiro. Nós, do DEOLHO News, temos o compromisso diário de levar até os leitores conteúdos críticos, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Se você acredita no nosso trabalho, apoie da maneira que puder ou, se preferir… Faça uma Doação CLICANDO AQUI

Compartilhe