crianças

As crianças também eram obrigadas a passarem o dia de joelhos em um pedaço de madeira

Mãe e madrasta de duas crianças foram presas por torturas duas meninas de 7 e 10 anos. As crianças estão cheias de hematomas pelo corpo. O crime foi em Sapiranga, no Vale do Sinos.

Leia mais:  Homem faz tatuagem no ÂNUS em protesto contra Bolsonaro

O caso foi denunciado para a Polícia Civil. De acordo com o depoimento de testemunhas, as duas crianças eram espancadas com socos e pauladas pela mãe de 30 anos e pela madrasta de 43. Além das agressões, elas eram obrigadas a comerem no chão e a passarem o dia de joelhos em um pedaço de madeira.

As duas crianças foram levadas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). A equipe médica constatou as agressões e que as duas crianças estavam desnutridas.

Por causa da Lei de Abuso de Autoridade os nomes das duas presas não foi divulgado pela polícia. Elas foram encaminhadas ao sistema prisional.

Um minuto, por favor…

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras custa tempo e dinheiro. Nós, do DEOLHO News, temos o compromisso diário de levar até os leitores conteúdos críticos, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Se você acredita no nosso trabalho, apoie da maneira que puder ou, se preferir… Faça uma Doação CLICANDO AQUI

Compartilhe