A labirintite é um distúrbio que causa tontura, vertigem e sensação de desmaio, que nem sempre tem cura, por isso para evitar as crises de tontura da labirintite, recomenda-se ter alguns cuidados como mover-se lentamente, evitando movimentos bruscos e evitar locais com muta luminosidade.

Outros cuidados importantes para evitar as tonturas da labirintite são:

  1. Evitar assistir filmes em 3D no cinema ou jogos eletrônicos;
  2. Evitar muitos estímulos visuais, como ver fogos de artifício ou frequentar discotecas;
  3. Evitar locais muito barulhentos, como shows ou jogos de futebol;
  4. Evite fumar e beber bebidas alcoólicas ou estimulantes, como café, chá preto ou coca-cola.

Saber o que está causando a labirintite é fundamental para alcançar um controle adequado da doença. Por isso, se o indivíduo notar que sempre que fica nervoso os sintomas da labirintite aparecem, deve-se evitar situações de estresse e tentar manter-se calmo sempre que possível.

Se mesmo ao seguir estas dicas ficar tonto, recomenda-se sentar numa cadeira mantendo as costas retas e olhar fixamente para um ponto qualquer e evitar os sapatos altos para garantir um melhor equilíbrio corporal.

Veja como controlar a labirintite:

A dieta para labirintite ajuda a combater a inflamação do ouvido e a diminuir o aparecimento das crises de labirintite.

Os alimentos bons para a labirintite são principalmente os alimentos ricos em omega 3 como salmão, sardinha ou sementes de chia, por exemplo porque são anti-inflamatórios e ajudam a combater a inflamação no ouvido. Além disso também é importante fazer uma dieta rica em legumes, frutas, verduras e cereais integrais para fortalecer o organismo.

Os alimentos que fazem mal na labirintite e por isso devem ser evitados são:

  • Doces, balas, chocolate, bolos, biscoitos, sorvetes ou outros alimentos ricos em açúcar;
  • Bebidas açucaradas, como refrigerantes e sucos, principalmente os industrializados;
  • Bebidas estimulantes, como café, coca-cola e chá mate;
  • Frituras, embutidos e outros alimentos ricos em gorduras;
  • Bebidas alcoólicas.

Além de evitar esses alimentos é importante não adicionar sal ao temperar os alimentos porque o sal aumenta a pressão no ouvido que agrava a inflamação, para temperar os alimentos deve preferir-se ervas aromáticas como alecrim ou orégano. Comer de 3 em 3 horas também ajuda a evitar o aparecimento de crises de labirintite assim como estar hidratado por isso recomenda-se a ingestão de 1,5 a 2 litros de água por dia.

No entanto, além da alimentação adequada, o médico pode receitar remédios para o tratamento da labirintite.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *