Homem é sequestrado e estuprado por três prostitutas durante nove dias.

O caso curioso aconteceu em um país africano e até agora, pouco se sabe o motivo que teria levado tais mulheres a cometer o crime.

O crime sexual estranho e bárbaro aconteceu em uma cidade chamada Chelston, na Zâmbia, país do Sul da África. A vítima, que não teve sua identidade revelada, era um homem, que trabalha como conselheiro psicossocial, que foi sequestrado por três garotas de programa as quais teriam o estuprado por nove dias seguidos.

A informação chegou ao portal de notícias do país, o ‘Zambian Watch’, através de uma fonte que era conhecida da vítima que fez questão de contar como tudo aconteceu, em detalhes. Segundo essa pessoa, os parentes e amigos do homem sequestrado, ficam extremamente preocupadas depois que ele teria desaparecido do trabalho por uma semana.

Depois de perceber que o colega tinha se ausentado do trabalho por uma semana, a pessoa – fonte da notícia, contou que ela e outros amigos, começaram a procurar a vítima em mercados e em outros lugares onde ele costumava frequentar. Até mesmo a sua mãe, que mora em outra cidade, veio acompanhar as buscas, isso tudo depois de ficar sabendo que o seu filho havia sumido.

Ao ir em um mercado onde o homem frequentava como de costume, os amigos ouviram dos funcionários que a vítima teria sido vista pela última vez na companhia de três moças, conhecidas como prostitutas. Depois de ouvirem tal informação, os amigos e parentes do homem decidiram ir até a casa das mulheres suspeitas.

Ao chegar na residência, uma das prostitutas chegou a mentir dizendo que a vítima não estava na casa e que nem ela e nem suas amigas tinham visto o homem por lá. Desconfiados, os amigos e parentes da vítima foram até a polícia para prestar queixa e contar tudo o que sabiam com esperança de encontrarem o conselheiro psicossocial.

Ao retornarem na casa das prostitutas, outra mulher, mais velha, veio atendê-los e enfim, contou que a vítima estava lá dentro da residência. No local, a polícia foi acionada e quando chegaram, prenderam as garotas que logo foram levadas para a delegacia de Chelston. A prisão aconteceu na terça (14) às 16h.

Segundo as informações passadas para o portal de notícias da cidade, as prostitutas contaram que mantinham relações íntimas com a vítima durante esses nove dias, os crimes sexuais ocorrem o tempo todo, dia e noite.

Depois de prestarem depoimento, duas das mulheres foram liberadas da delegacia logo na quarta (15), pois segundo o que contaram, a própria vítima teria pedido para que elas o sequestrasse. Mesmo assim, o caso ainda está sob investigação pela delegacia da cidade.

 

Compartilhe

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*