Vitória sofrendo pra não cair e Cleiton Xavier curtindo RESORT

Vitória sofrendo pra não cair e Cleiton Xavier curtindo RESORT

Cleiton Xavier chegou ao Vitória com pompas de craque. Com três anos de contrato e salário de mais de R$ 300 mil, o meia foi anunciado pelo então diretor de futebol Sinval Vieira como grande reforço.

Mas, o que se viu dentro de campo foi um jogador em fim de carreira, sem qualquer condição de ser titular do Rubro-Negro. Para piorar, enquanto a equipe sofre para escapar do rebaixamento e se encontra em situação complicada na Série A, o experiente jogador sequer deu apoio aos companheiros.

Fora da lista de relacionados de Vagner Mancini para o duelo com o Cruzeiro, o atleta preferiu deixar Salvador para ‘descansar’. Em uma postagem em uma rede social, Cleiton Xavier aparece curtindo o final de semana em um resort em Tamandaré, em Pernambuco, ao lado da esposa.

Ao contrário do meia, Willian Farias, que ainda se recupera de uma grave lesão preferiu comparecer ao Barradão e apoiar o elenco no empate com a Raposa. Quem também marcou presença no estádio para torcer pelo Leão foi o atacante Marinho, que está de férias do futebol chinês.

Vitória

Fonte: snnoticias

Revelado pelo CSA, o meia Cleiton Xavier não esquece as origens e segue acompanhando o clube alagoano. Em contato com o GloboEsporte.com, o jogador declarou torcer pelo Azulão e confirmou planos de encerrar carreira no clube.

– O CSA foi onde tudo começou, do infantil ao profissional. Uma das minhas metas é encerrar a carreira no clube, mas ainda falta um bom tempo para isso acontecer – declarou o jogador, acrescentando ainda que sempre acompanha os jogos do Azulão.

– A nossa rotina é pesada, mas, sempre que dá, eu assisto aos jogos (do CSA) de casa e torço bastante. O acesso à Série B será importante demais, dará uma grande visibilidade para o clube e para toda a região – afirmou Cleiton Xavier, que atualmente defende o Vitória.

Cleiton Xavier atualmente defende o Vitória (Foto: Maurícia da Matta/Divulgação/EC Vitória)

Cleiton Xavier é natural de São José da Tapera, interior de Alagoas. Revelado nas divisões de base do Azulão, ele deixou o clube em 2002, quando se transferiu para o Internacional. De olho no desempenho do CSA na temporada, o meia acredita que o time será campeão da Série C, mas admite que não terá facilidades.

Veja também 

Cantora gospel trai marido com personal Trainer

– Olha, eu acho que dá para ser campeão, sim. Mas a Série C é bem difícil. Se conseguir passar pelo São Bento, vai pegar Fortaleza ou Sampaio Corrêa, dois clubes bem tradicionais e que contam com suas fanáticas torcidas. Torço pelo CSA, mas não será fácil – concluiu.

Cleiton Xavier confirma desejo de encerrar carreira no CSA (Foto: Divulgação)

Compartilhe