Vereadora de Lauro de Freitas

A Vereadora de Lauro de Freitas Débora Regis é um dos três nomes apresentados pelo PDT caso espaço seja aberto ao partido

A tão disputada vaga para a vice de ACM Neto (União Brasil) na corrida pelo Palácio de Ondina pode ser ocupada pela maior adversária política da prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho (PT).

A Vereadora de Lauro de Freitas, Débora Regis, nascida e criada no bairro da Itinga, o maior colégio eleitoral do município está entre os nomes trabalhados pelo PDT na tentativa de garantir o espaço.

Além de Débora, que é pré-candidata a deputada federal, a vice-prefeita de Salvador, Ana Paula Matos, e a ex-vereadora da capital Andrea Mendonça, irmã do presidente estadual Félix Mendonça Júnior, estão no páreo pedetista.

Eleita pelo PL com a maior votação entre os candidatos para a Câmara Municipal de Lauro, em 2020, Débora Regis acertou sua filiação ao PDT na última janela partidária. Ela acompanhou o então cacique do Partido Liberal no estado, José Carlos Araújo, que deixou o comando da legenda após a chegada de Jair Bolsonaro. Ex-base de apoio de Moema, a pedetista rompeu com a então candidata à reeleição na reta final da campanha eleitoral e mantém a postura de oposição.

Débora Regis

Na quarta-feira (12), Félix Mendonça Júnior comentou a possibilidade de o PDT completar a chapa de Neto para o governo do estado. A vaga para o Senado tem como pré-candidato o deputado federal Cacá Leão (PP).

O dirigente partidário afirma que o apoio da legenda ao pré-candidato do União Brasil não está condicionado à indicação para a vice, mas que, se for consultada, apresentará os nomes das três pedetistas.

“Estamos dialogando com o ex-prefeito de Salvador sobre propostas, projetos para a Bahia. Entre as nossas prioridades está avançar na área da educação, setor em que o estado passa vergonha nacionalmente. Mas se Neto quiser ouvir o PDT sobre a vice, temos essas três mulheres de grande valor e que reconhecidamente fazem a política do bem, que servem à população”, declarou.

Concorrência

Além dos apresentados pelo PDT, nomes femininos de outros partidos também já foram ventilados para a vice de ACM Neto. Na última semana, por exemplo, ganhou força a presidente licenciada da UVB e vereadora de Serrrinha, Edylene Ferreira (Republicanos). Vereadoras de Salvador, Ireuda Silva (Republicanos) e Cris Correia (PSDB), por exemplo, também já foram lembradas.

Um minuto, por favor…

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras custa tempo e dinheiro. Nós, do DEOLHO News, temos o compromisso diário de levar até os leitores conteúdos críticos, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Se você acredita no nosso trabalho, apoie da maneira que puder ou, se preferir… Faça uma Doação CLICANDO AQUI

Compartilhe