Parobé

Parobé: menina de 14 anos morre dentro de sala de aula

O falecimento de uma aluna da rede pública de Parobé deixou a comunidade escolar consternada na manhã desta segunda-feira (07). A. G. M. G, de 14 anos, era aluna da turma 190 da Escola Municipal de Ensino Fundamental Idalino Pedro da Silva e estava em sala de aula quando passou mal e acabou  falecendo no local, sem que houvesse tempo de qualquer socorro. De acordo com a secretaria Educação, Cultura, Turismo, Esporte e Lazer (SECTEL), a estudante foi vítima de uma parada súbita.

Veja também: Homem faz tatuagem no ÂNUS em protesto contra Bolsonaro

A responsável pela SECTEL, Joana D´arc Wittman lamenta o ocorrido define o episódio como “uma situação muito triste, que pegou todo mundo de surpresa”.

Ana deixa enlutados os pais, Janice Minks e Marcuse Guazina, ambos professores da rede pública e um irmão mais novo, além de toda a comunidade.

Em função do ocorrido, as aulas nas escolas Idalino Pedro da Silva, Núcleo Municipal de Jovens e Adultos de Parobé (NEJAP) e João Muck estão suspensas.

Nota de pesar

A Prefeitura de Parobé também manifesta profundo pesar pelo falecimento de Ana. Confira a nota da administração na íntegra:

“A Prefeitura de Parobé, por meio da Secretaria de Educação, em conjunto com a Escola de Ensino Fundamental Idalino Pedro da Silva, lamenta profundamente a morte prematura de Ana Gabriela Minks Guazina de 14 anos, estudante da Escola de Ensino Fundamental Idalino Pedro da Silva, ocorrido na manhã desta segunda-feira, 7, após um mal súbito em sala de aula.

Neste momento de dor, comoção e luto, o prefeito Diego Picucha, a secretária de Educação Joana D’Arc Witmann e toda a Administração Municipal se unem aos familiares, amigos de escola e professores, manifestando os mais profundos sentimentos, rogando a Deus o conforto necessário pela irreparável perda.”

Um minuto, por favor…

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras custa tempo e dinheiro. Nós, do DEOLHO News, temos o compromisso diário de levar até os leitores conteúdos críticos, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Se você acredita no nosso trabalho, apoie da maneira que puder ou, se preferir… Faça uma Doação CLICANDO AQUI

Compartilhe