Temos esperança que Lula deixe prisão antes do natal’, diz Gleisi

Lula

Temos esperança que Lula deixe prisão antes do natal

A senadora e presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, disse na manhã desta segunda-feira (10) alimentar esperança de que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que é mantido como preso em Curitiba, seja libertado antes do Natal. Ela advertiu que a nomeação de Sérgio Moro como ministro da Justiça num governo com o perfil de extrema-direita aponta para um “estado policial” no país.

Leia mais: Criança escreve pra Papai Noel pedindo um novo rosto: ‘tenho medo de mim mesmo’

Temos muita esperança que Lula saia da prisão antes do Natal. Se isso não acontecer, estamos organizando um Natal com Lula, afirmou durante a Conferência Internacional em Defesa da Democracia, promovida pela Fundação Perseu Abramo, em São Paulo, sem dar indicações de como concretizar tal esperança.

Gleisi voltou a dizer que Lula foi preso “sem provas” e devido ao “altíssimo grau de politização” do Judiciário. “Isso é evidenciado pela nomeação de Moro para ministro da Justiça (do futuro governo de Jair Bolsonaro (PSL)). Sabemos que cargo de ministro é cargo político, não técnico”, disse.

Para ela, a ida de Moro para o Ministério da Justiça sinaliza para a implantação de “um estado policial” no País. “E achamos que esse estado vai ser opressor a quem fizer oposição ao governo”, completou. “Teremos um estado opressor e a população submetida a um estado muito grave de proteção social”, ressaltou em seguida.

Compartilhe