Suspeito de matar ex-namorada de 15 anos em Itapuã é ouvido pela justiça

Suspeito de matar ex-namorada de 15 anos

Suspeito de matar ex-namorada de 15 anos no bairro de Itapuã se apresenta à justiça pra falar sobre o crime

Adriel Montenegro dos Santos, 21 anos, era considerado foragido e já tinha sido incluído no Baralho do Crime da Secretaria de Segurança Pública da Bahia. Andreza Vitória foi assassinada no dia 17 de abril

Suspeito de matar ex-namorada de 15 anos

Apontado como autor da morte da ex-namorada Andreza Victória Paixão, no bairro de Itapuã, em Salvador, Adriel Montenegro dos Santos, 21 anos, se apresentou a justiça em Salvador na manhã desta terça-feira (27).

Leia mais: Gari morre esmagado dentro de  caminhão de lixo em Pé de Serra

Adriel era procurado há mais de cinco meses pela Polícia Civil da Bahia como autor da morte da garota de 15 anos e foi incluído no “Baralho do Crime” da Secretaria de Segurança Pública.

A jovem foi morta com um tiro na casa de Adriel, no bairro de Itapuã, em Salvador, no dia 17 de abril. Desde então, ele era procurado pela polícia. O pai do rapaz é policial militar e foi a pessoa que socorreu a garota baleada até uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no mesmo bairro, mas Andreza não resistiu e morreu.

Segundo informações da polícia da Bahia, a arma utilizada no crime contra a jovem é de uso restrito das polícias Civil e Militar.

Suspeito de matar ex-namorada de 15 anos

A Secretaria de Segurança aponta que ele matou a garota por não aceitar o fim do relacionamento.

Leia mais: Mãe e filho entram na justiça para se CASAREM um com o outro

Em julho, mês em que Andreza completaria 16 anos, o G1 esteve na casa da mãe dela, e ouviu os relatos de dor e saudade. “Infelizmente, eu continuo viva. Dias choro, dias não. Uma comida lembra minha filha, um cheiro, uma roupa, uma postagem de alguém lembra minha filha. É você imaginar que você não vai mais ver alguém que você colocou no mundo. A pior dor é a dor da alma”, desabafou Lívia Tito, mãe da adolescente.

Suspeito de matar ex-namorada de 15 anos

Adolescente foi morta a tiros no bairro de Itapuã (Foto: Reprodução/Facebook)

Caso

O crime ocorreu no dia 17 de abril deste ano. Conforme a polícia, o suspeito encontrou com a garota no Colégio Rotary, onde ela estudava e, de lá, eles seguiram caminhando para a casa dele, que fica no mesmo bairro. Ao chegar na varanda do imóvel, a vítima foi baleada na nuca.

A adolescente foi socorrida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro de Itapuã e, em seguida, transferida ao Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu aos ferimentos.

Ela foi enterrada no dia 18 de abril, no Cemitério Bosque da Paz, no bairro de Nova Brasília, na capital baiana. Uma multidão, entre amigos e familiares da adolescente, participou da cerimônia de despedida. A comoção marcou o sepultamento.

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito matou a vítima porque estava inconformado com o fim da relação que tinha com ela, que durou dois anos. Após a divulgação do crime, o perfil do suspeito em uma rede social foi visitado por internautas revoltados com o caso, que deixaram mensagens de repúdio ao crime e até ameaças ao jovem. “Assassino”, escreveu um internauta. “Você vai pagar”, disse outro.

Compartilhe