Lauro de Freitas

Secretaria Municipal de Saúde do município de Lauro de Freitas, acende o alerta para a baixa adesão

Após quase dois meses do início da imunização contra a gripe, só 18,7% do público alvo foi vacinado em Lauro de Freitas. Diante dos números, a Secretaria Municipal de Saúde do município (Sesa) acende o alerta para a baixa adesão dos grupos que compõem as fases um e dois da campanha, principalmente idosos e crianças. Em Lauro de Freitas a meta é vacinar 90% do público alvo até o final da campanha.

De acordo com relatório divulgado pela Sesa na última quarta-feira (27), apenas 5,72% dos idosos com idade acima de 60 anos procuraram um dos postos de vacinação para receber a proteção. Em número totais, atualmente a cidade possui mais de 22 mil pessoas que se encaixam neste grupo e apenas 1.283 receberam a dose.

“É extremamente necessário que os integrantes dos públicos alvos da vacina da gripe sejam imunizados, somente dessa forma conseguimos controlar a circulação do vírus Influenza”, frisa o coordenador da Vigilância Epidemiológica da Sesa, Daniel Assis.

Daniel também ressalta que o vírus Influenza pode causar doenças do trato respiratório e a evolução para forma grave da gripe pode causar até a morte.  “O vírus da influenza é sazonal e se hoje não temos a circulação em alta deste vírus é graças a todo processo de vacinação que fazemos anualmente. A vacina previne contra a doença e dessa forma reduz a procura por atendimentos médicos e evita internações o que é importante neste período de pandemia do coronavírus. É necessário que os públicos alvos sejam imunizados”.

Outro grupo preocupante é o dos pequenos com idade entre seis meses a menores de seis anos.  De 15.030 pessoas nessa faixa etária, apenas 7.524 foram vacinadas, o que representa um alcance de apenas 50,05%.  Para imunizar as crianças, além de certidão de nascimento e cartão SUS é necessário apresentar carteira de vacinação.

A vacina contra a gripe protege contra Influenza A – H1N1, Influenza A – H3N2 e Influenza B – geralmente não causa gripe e não costuma provocar reações adversas. A imunidade só é garantida após 15 a 20 dias da aplicação. “Para as pessoas que integram também o público alvo de imunização contra a covid-19, é preconizado que exista um espaço de 14 dias entre a vacina contra a gripe e a vacina contra a covid-19”, alerta Daniel.

Quem pode tomar a vacina da gripe

-Crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade;
-Profissionais da saúde;
-Gestantes;
-Mulheres que tiveram bebês em até 45 dias (puérperas);
-Idosos – acima de 60 anos;
-Professores das redes pública e particular.

Locais de vacinação

Os integrantes dos públicos alvos podem procurar, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, a vacina da gripe nas USF Santa Bárbara, Parque São Paulo, Cidade Nova, Jardim Independência, Tarumã e Pastor Israel Moreira, em Itinga. Em Portão, na USF Vila Nova e Noel Alves Cruz. Em Areia Branca, na USF Antônio Carlos Rodrigues. No Jambeiro a imunização é realizada na USF Padre João Abel, e no Capelão, na USF Manoel José Pereira.

Para facilitar o acesso e ampliar a cobertura de vacinação, outros pontos fixos foram estabelecidos, porém o horário de atendimento nesses locais é das 14h às 16h. São eles: Centro, no drive do Ginásio do Aracuí; em Portão; na escola Kleber Pacheco; Escola Dois de Julho e na Escola Vovó Ciça, em Itinga. Outro ponto foi colocado na Escola Municipal Vida Nova. Para ser vacinado é necessário apresentar cartão SUS e documento oficial de identificação com foto.

Próxima etapa começa em 9 de junho

Além dos integrantes dos públicos alvo da etapa I e II a partir do dia 09/06 outros públicos irão integrar a prioridade na campanha. São eles:  pessoas com comorbidades e com deficiência (física, auditiva, visual, intelectual e mental ou múltipla); caminhoneiros, trabalhadores portuários e de transporte coletivo; profissionais das forças armadas, de segurança e salvamento e funcionários do sistema prisional; população privada de liberdade e jovens e adolescentes sob medidas socioeducativas.

Um minuto, por favor…

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras custa tempo e dinheiro. Nós, do DEOLHO News, temos o compromisso diário de levar até os leitores conteúdos críticos, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Se você acredita no nosso trabalho, apoie da maneira que puder ou, se preferir… Faça uma Doação CLICANDO AQUI

Compartilhe