Segurança negro evita assalto, prende ladrão e é morto por engano pela polícia

Segurança negro evita assalto

Segurança negro evita assalto, prende ladrão e morre pela polícia

Familiares querem US$ 1 milhão de indenização e alegam que Roberson foi baleado exclusivamente porque era negro.

Leia mais: PM morre ao furar blitz durante ação do exército em Belford Roxo

Um segurança teve uma noite de herói, nos Estados Unidos, em um bar de Chicago no último domingo (11), mas foi morto friamente pela polícia da cidade.

James Roberson conseguiu impedir um tiroteio após um assalto e dominou o suspeito até a chegada da polícia. Quando os policiais chegaram ao local do crime, atiraram e mataram Jemel achando que ele era o bandido.

Leia mais: Jovem estuprada pelo padrasto poderá ficar 20 anos na cadeia
Leia mais: Mãe deixa filha de 4 anos ser estuprada para agradar o marido! “Ele adorava”

A família do segurança está processando a polícia do condado de Midlothian, no estado de Illinois. Eles querem US$ 1 milhão de indenização e alegam que Roberson foi baleado exclusivamente porque era negro.

Todo mundo que estava lá gritou ‘ele é um segurança!’ Mas é isso, eles viram um homem negro com uma arma e atiraram nele, basicamente”, disse uma testemunha, Adam Harris, ao canal de TV WGN9.

Quatro outras pessoas além de Roberson foram baleadas, inclusive o atirador, mas não correm risco de morrer.

Segurança negro evita assalto

Compartilhe