Rui Costa

Governador Rui Costa diz que pode reavaliar decreto que permite até 3 mil pessoas

Preocupado com o avanço dos casos de covid-19 no estado, o governador Rui Costa afirmou que pode reduzir ainda mais o número de público em eventos, caso o limite de 3 mil pessoas não seja respeitado. Ele disse ainda que “não quer choradeira” de empresários caso isso aconteça.

Leia mais: Terceira dose de vacina contra Covid é erro técnico, moral e político, diz OMS

“Se persistir esse desrespeito, se as cenas que eu vi do Comércio, da Paralela, continuarem a se repetir, vamos reduzir drasticamente o público em eventos. Basta ver que os dois eventos não estavam respeitando o limite. Visualmente você percebe. Eu tô avisando pra depois não ter a choradeira na imprensa. A minha posição, todos conhecem, que é priorizar a vida”, disse.

INÉDITO: Lula pede “MENOS” aos institutos de pesquisas: “essa história de ganhar no primeiro turno vai me FU***”

Ainda segundo Rui, o Corpo de Bombeiros vai fiscalizar, conforme estabelecimento em decreto, os espaços que anunciaram eventos antes e durante as festas. Os locais que não cumprirem as normas vão ser penalizados.

O governador elogiou os estabelecimentos que já estão cobrando o passaporte vacinal dos clientes. “Eu quero agradecer e elogiar os donos de bares e restaurantes que estão pedindo o passaporte vacinal para entrar em seus bares. Ele está cuidando não só da saúde da população, está cuidando para que o negócio dele não seja interrompido”.

Um minuto, por favor…

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras custa tempo e dinheiro. Nós, do DEOLHO News, temos o compromisso diário de levar até os leitores conteúdos críticos, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Se você acredita no nosso trabalho, apoie da maneira que puder ou, se preferir… Faça uma Doação CLICANDO AQUI

Compartilhe