Rui Costa

Rui causa aglomeração durante inauguração na Bahia

A aglomeração causada pelo governador Rui Costa (PT) durante a inauguração da Policlínica Regional do Descobrimento, na cidade de Eunápolis, na quinta-feira (10), está proibida pelo decreto estadual de autoria do próprio governador.

Ao reunir mais de 100 pessoas em um ambiente fechado, como foi flagrado em registros fotográficos do evento, Rui descumpre a determinação do decreto que permite realização de eventos de cunho profissional ou científico com no máximo 50 pessoas presentes. A medida tem validade até a próxima terça-feira (15).

Durante o período em que a medida estiver vigente, a Polícia Militar poderá ser acionada para dispersar a aglomeração. Em casos de insistência e continuação da aglomeração, a PM está autorizada a conduzir quem estiver promovendo o ato até uma delegacia. Para quem não respeitar o toque de recolher, a pena poderá ser de 15 dias até seis meses de detenção e multa, infringindo uma determinação do poder público, como previsto no artigo 268 do Código Penal. No caso de funcionário público, o artigo aplicado é o 330, que prevê as mesmas punições.

Vale lembrar que tais penas são previstas apenas para quem desobedecer o horário do toque de recolher no estado, que tem início à noite. No dia em que a Bahia registrou 130 mortes por Covid-19, na última quinta-feira (10), o governador Rui Costa (PT) reuniiu mais de 100 pessoas entre aliados, prefeitos e imprensa.

A aglomeração, não permitida dentro do próprio decreto do Governo do Estado, foi registrada durante a inauguração da Policlínica Regional de Eunápolis, na região do Descobrimento. No estado, de acordo com a última atualização das medidas de restrição de circulação, eventos profissionais e científicos estão limitados a acontecerem com até 50 pessoas, metade do que foi visto no evento de ontem (10).

Ainda na quinta-feira (10), o Política ao Vivo já havia registrado a grande quantidade de pessoas próximas a Rui enquanto discursava, pelo ângulo da transmissão em suas redes sociais. Entre as pessoas que estavam próximas ao governador, sem respeitar o distanciamento recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), estava a prefeita de Eunápolis, Cordélia Torres (DEM). Mas, na divulgada logo após o evento, o espanto causado é ainda maior, já que é possível ver dezenas de pessoas, entre políticos e imprensa, juntas, sem respeitarem o distanciamento social.

Não é a primeira vez que Rui causa aglomeração em suas visitas no interior desde que foi vacinado contra a Covid, em maio. Apesar de colocar os profissionais na linha de risco ao cobrirem os eventos com grande quantidade de gente, Rui permanece contrário à imunização da categoria dentro do grupo prioritário da Covid-19, tendo declarado isso publicamente em diversas ocasiões.

Um minuto, por favor…

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras custa tempo e dinheiro. Nós, do DEOLHO News, temos o compromisso diário de levar até os leitores conteúdos críticos, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Se você acredita no nosso trabalho, apoie da maneira que puder ou, se preferir… Faça uma Doação CLICANDO AQUI

Compartilhe