Rodoviários irão fazer GREVE nessa quarta-feira (23), em toda a Bahia

GREVE

GREVE mantida: rodoviários e empresários não entram em acordo

Após a assembleia realizada na manhã desta segunda-feira (21), os rodoviários decidiram manter a greve programada para quarta-feira (23), em toda a Bahia. A reunião, que terminou por volta das 12h30,não teve acordo entre o consórcio Integra Salvador e o Sindicato dos Rodoviários da Bahia.

Leia mais: Confira o aumento de 5,67% e o calendário do Bolsa Família em 2018

Em entrevista ao programa Balanço Geral, na Record TV Itapoan, o empresário e diretor do Integra, Jorge Castro, garantiu que não vai oferecer reajuste salarial à categoria, principal reivindicação. “Não vamos nem levar em consideração a proposta que eles fizeram hoje. Não é para oferecer nada”, cravou Jorge Castro.

Por outro lado, Hélio Ferreira, presidente do Sindicato, garante que enquanto não tiver acordo, não tem ônibus.

A negociação são quase 60 dias sem andar nada. Os empresários não fazem contraproposta e estão propondo tirar o emprego dos trabalhadores. Querem fazer banco de horas para não pagar horas extras e tirar um domingo de folga no mês. A categoria não aceita”, disse Ferreira.

Os rodoviários querem um aumento salarial de 6%; reajuste no ticket refeição de R$ 17,98 para R$ 19,60; vacinação para os trabalhadores do setor; e fim da dupla função.
“Também estamos querendo que eles assumam o custo da renovação da CNH, que hoje tem sido um custo muito alto para o rodoviário”, ressalta Hélio Ferreira.

Agora, a categoria prevê uma reunião no Ginásio dos Bancários nesta quinta (17) às 9h com a possibilidade de uma passeata pelas ruas logo em sequência.

Fonte: Bnews

Compartilhe