Quem come pé de galinha não consegue juntar dinheiro?

Quem come pé de galinha não consegue juntar dinheiro

Quem come pé de galinha não consegue juntar dinheiro?

Que tal começar a mudar alguns hábitos financeiros e economizar uma grana todo mês? Veja algumas dicas razoavelmente simples que podem te ajudar a ter uma vida financeira mais estabilizada.

Economizar dinheiro é algo que todos nós precisamos aprender desde cedo. De acordo com especialistas financeiros, quanto antes melhor! E a razão para isso é muito simples, quanto antes começarmos a poupar, mais capital teremos com o passar do tempo. Assim como muitas coisas na vida, ter uma vida financeira saudável requer prática e aprendizado.

Não poupar dinheiro para o futuro é um grande erro que pode acarretar em problemas, como travar seus projetos e crescimento pessoal. Pense bem, quando não há dinheiro guardado fica difícil planejar uma mudança de emprego, uma viagem, e outros diversos exemplos.

Que tal começar a mudar alguns hábitos financeiros e ir juntando uma grana todo o mês? Há atitudes razoavelmente simples que podem te ajudar a ter uma vida financeira mais estabilizada. Quer ver só?

Confira essas 15 dicas para economizar no dia a dia. Comece hoje mesmo e tenha uma reserva de dinheiro até o final do ano.

1. Não venha com a desculpa que não tem dinheiro para economizar, qualquer quantia é um bom começo.

Começos são para isso, testar. Você não precisa começar já economizando metade da sua renda. Pode ir com calma. Qualquer dinheiro economizado já vale. Fuja da armadilha de economizar nada porque não sobra muito no final do mês. Sobrou R$50,00 ou outra quantia? Maravilha! Já é um começo.

2. Descubra quanto tempo de trabalho alguma coisa vai te custar.

Antes de comprar algo lembre-se que você trabalhou e gastou tempo da sua vida para conseguir o dinheiro. Então, vale a pena realmente fazer essa compra? Eu sempre me pergunto isso quando estou prestes a fazer uma compra por impulso. Isso me ajuda a avaliar se eu realmente preciso daquilo ou se é melhor economizar o dinheiro para outro projeto.

O cálculo é simples: pegue a calculadora e divida seu salário pelo número de dias em que você trabalha no mês. Para saber quanto você ganha por hora, divida este número pela carga horária trabalhada. E tcharam!

3. Confira o seu saldo bancário.

É fácil acabar entrando numa bola de neve com o dinheiro se você não souber exatamente o que está acontecendo na sua conta. Se você passa tudo no cartão, seja no débito ou no crédito, é importante conferir semanalmente o seu saldo bancário. Assim você saberá onde gastou e quanto entrou na conta. Uma simples olhada te ajudará a evitar ficar no vermelho.

4. Guarde uma quantia de dinheiro assim que receber o salário.

Na primeira dica eu disse que qualquer quantia guardada é melhor do que nada, e é verdade. Porém, se você está realmente focado(a) em poupar dinheiro a melhor maneira de começar é estipulando uma quantia a ser guardada todo mês. Reserve esse dinheiro assim que você receber o salário, dessa maneira fica mais fácil manter a meta.

5. Pare de comparar a sua vida financeira com a vida dos seus amigos.

Para economizar de verdade você precisa ser sincero consigo mesmo(a). Questione se você pode gastar o seu dinheiro da mesma maneira que os seus amigos gastam. Pode ser que jantar fora várias vezes por semana, comprar certas roupas ou frequentar alguns lugares estejam fora do seu orçamento. Seja sincero(a) com seus amigos mais “boa vida” ou gastões, e diga que você não está disposto(a) a gastar dinheiro da mesma forma que eles.

6. Pense em custo-benefício ao invés de quantia.

Quando for comprar algo pense na qualidade e utilidade, ao invés de focar apenas no preço ou no seu desejo de ter aquilo. Quantas vezes você vai realmente usar essa compra? Você realmente precisa comprar isso? Talvez você já tenha algo similar que não é tão novo, mas que ainda dá para usar.

Pensar no custo-benefício é também lembrar que algo pode custar mais caro, mas durará mais tempo. Por exemplo, uma blusa que custa R$100,00 poderá ser usada mais vezes e por mais tempo que uma blusa que custa R$20,00 e de qualidade inferior. Às vezes vale a pena pagar mais para ter mais qualidade.

7. Anote os seus gastos diários.

Para economizar de verdade você precisa entender os seus hábitos de consumo. Comece anotando os seus gastos. Comprou algo na padaria? Anote. Água, luz, aluguel? Anote. Netflix, Spotify? Anote. Tudo, desde o essencial até o mais trivial. Assim, você descobrirá onde é possível economizar e mudar alguns velhos hábitos.

8. Use a tecnologia a seu favor.

Os aplicativos de finanças pessoais podem te ajudar a economizar. Com eles você faz o controle desde dos gastos maiores até dos pequenos gastos. Ou seja, você sabe exatamente para onde o seu dinheiro está indo parar. O ponto positivo é que além de ter o controle do seu dinheiro você também pode entender melhor a si mesmo.

9. Curta programas que não gastam tanto dinheiro.

Um passeio no parque, assistir um filme em casa, chamar os amigos para uma noite de jogos, um junta panelas. Há várias maneiras de se divertir sem gastar muito dinheiro. Às vezes esquecemos que as coisas mais legais do mundo não custam tão caro assim.

10. Tenha um cofrinho.

Sim, por mais infantil que isso possa parecer. Sobrou qualquer trocado? Guarde no cofrinho. Você não imagina o quanto pode guardar adotando essa prática. É como dizem, “de grão em grão a galinha enche o papo.”

11. Não atrase o pagamento das suas contas.

Atrasar as contas significa juros. Pode ser que as suas contas não rendam os juros mais altos do mundo, mas mesmo assim é gastar dinheiro à toa. Coloque na agenda ou alerta no celular para sempre pagar a conta na data certa.

12. Dê um tempo para o cartão de crédito.

O problema do cartão de crédito é dar a falsa impressão de que temos uma renda maior do que a realidade. Parece fácil. É só passar no cartão e adquirimos o que queremos, mesmo que não tenhamos o dinheiro necessário. Uma boa estratégia para quem está aprendendo a economizar dinheiro é tirar o cartão de crédito da carteira por alguns meses e pagar tudo à vista. Além disso, você poupa o dinheiro da anuidade.

13. Troque a academia por atividades ao ar livre.

Uma coisa é certa, você precisa cuidar da sua saúde física, mas que tal poupar um pouco? A academia pode ser um ótimo investimento, afinal você está investindo em você mesmo(a). Porém, quando estamos precisando poupar dinheiro é necessário fazer alguns ajustes e cortar gastos. Troque a academia por uma caminhada ao ar livre ou a uma pedalada pelo parque.

14. Faça uma lista antes de ir ao mercado.

Assim vai ficar mais fácil evitar as eventuais tentações das gôndolas e comprar somente o que você precisa. Além disso, você vai evitar comprar alimentos que já estão na despensa, mas que acabou esquecendo da existências deles.

15. Cozinhe em casa ao invés de comer fora.

Falando em mercado e comida, que tal começar a cozinhar mais em casa? Um dos maiores gastos que você pode ter é comer fora. Então, ao invés de ter preguiça comece a cozinhar em casa e leve marmitas para o trabalho. Você vai poupar dinheiro, comer de maneira mais saudável e vai ampliar suas habilidades na cozinha.

Compartilhe