PT critica EUA

Em nota, PT critica EUA e defende a Rússia sobre ataques Ucrânia; partido fará “alterações”

O PT no Senado condena a política de longo prazo dos EUA de agressão à Rússia e de contínua expansão da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) em direção às fronteiras russas. Trata-se de política belicosa, que nunca se justificou, dentro dos princípios que regem o Direito Internacional Público.

Essa política imperialista produziu o quadro geopolítico que explica o atual conflito na Ucrânia. Tal conflito, frise-se, é basicamente um conflito entre os EUA e a Rússia. Os EUA não aceitam uma Rússia forte e uma China que tende a superá-los economicamente. Contudo, a aposta recente da Rússia na guerra, ainda que parcial e com objetivos meramente militares, também agride o Direito Internacional
Público e o sistema de segurança coletiva cristalizado na ONU.

Por isso, o PT no Senado lamenta e condena essa aposta temerária na guerra.

Considere-se que a definitiva militarização desse conflito é uma ameaça não apenas às partes envolvidas, mas também a todo o mundo, inclusive o Brasil, pois ela envolve potências nucleares. Nesta guerra, todos serão perdedores. O PT no Senado defende o imediato cessar das hostilidades e conclama a todas as partes envolvidas a que voltem à mesa de negociação, com base nos acordos de Minsk. A paz sempre merece uma chance.

Senador Paulo Rocha
Líder da bancada do PT

Doria critica nota do PT sobre Ucrânia; partido fará “alterações”. PT falou em “política de agressão” dos EUA contra a Rússia; nota divulgada em site oficial foi apagada em seguida.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), criticou nesta 4ª feira (24.fev.2022) o PT (Partido dos Trabalhadores) pela nota divulgada sobre o ataque russo à Ucrânia. O partido culpou os Estados Unidos pela guerra na Europa, mas depois retirou o texto do ar para fazer “algumas alterações”.

Em publicação no Twitter, o pré-candidato tucano disse que o partido de Lula “despreza” a dor e o sofrimento das pessoas para “defender um ditador”. Doria classificou a nota como “incompreensível e inaceitável”.

Mais cedo, o também pré-candidato à Presidência da República Sergio Moro (Podemos) criticou o posicionamento do PT. Para ele, a nota é “desastrosa”. Em entrevista ao programa “Turma do Ratinho” disse: “Acho que essa nota do PT é desastrosa. Um absurdo que você coloque ideologia na frente da relação internacional, às vezes querendo fazer política”.

Um minuto, por favor…

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras custa tempo e dinheiro. Nós, do DEOLHO News, temos o compromisso diário de levar até os leitores conteúdos críticos, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Se você acredita no nosso trabalho, apoie da maneira que puder ou, se preferir… Faça uma Doação CLICANDO AQUI

Compartilhe