Produtor nega acidente de Patati Patatá no litoral de SP

Patati Patatá

Produtor nega acidente de Patati Patatá

Representante da dupla de palhaços lamentou o fato de páginas divulgarem conteúdo falso sobre o artista. Prefeitura de Santos (SP) também negou o fato.

O produtor dos palhaços Patati Patatá negou que um dos atores que faz parte da dupla tenha se acidentado após uma apresentação em Santos, no litoral de São Paulo. A notícia circulou nas redes sociais por meio de um perfil no Facebook, e que segundo ele, é falso.

Leia mais: Pai prende filha de 3 anos no carro e põe fogo após ganhar guarda na justiça 

Publicada na segunda-feira (6), a notícia somava mais de duas mil curtidas, 700 comentários e 800 compartilhamentos até a tarde desta terça-feira (7). A dupla se apresentou no Teatro Coliseu, no Centro de Santos, durante o fim de semana.

O falso texto informa que o ator foi atingido por um bloco de concreto enquanto dava autógrafos em frente ao teatro, e que ele foi encaminhado a um hospital do município e estaria inconsciente. . Uma mulher e uma criança, segundo a publicação, também haviam sido atingidas.

Procurada pelo G1 nesta terça-feira (7), a Síntese Produções lamentou o fato de páginas divulgarem conteúdo inverídico sobre o artista Henrique Namura, que interpreta Patatá.

Isso é fake news. Muitas pessoas têm nos ligado desde segunda-feira para questionar isso. Mas o Henrique, graças a Deus, se encontra muito bem e fazendo shows em São Paulo. Não ocorreu nada nas apresentações em Santos. Elas foram maravilhosas, disse o produtor Rodrigo Molina.

O produtor destacou que a página que divulgou a informação não pertence à dupla Patati Patatá.

A Coordenadoria de Marketing informa que a dupla Patati Patatá passa muito bem. Inclusive, se as pessoas acompanharem as redes sociais, verão publicações até em tempo real da dupla ativando ações promocionais pelo Brasil, completa.

Por meio de nota, a Prefeitura de Santos também confirmou que não ocorreu qualquer acidente com a dupla Patati Patatá envolvendo o teatro.

A orientação é que a população procure informações sempre junto aos órgãos oficiais e à imprensa, evitando, deste modo, a propagação de informações falsas, declarou a municipalidade.

Compartilhe