Pré-candidatura de Léo de Topó é confirmado em convenção partidária

Pré-candidato promete doar metade do salário para instituições de caridade caso seja eleito

Pela primeira vez na história de Lauro de Freitas, na região metropolitana de Salvador, um pré-candidato a vereador se compromete a doar metade do seu salário, até o final do seu mandato, caso seja eleito na cidade. O nome dele é Leo de Topó!

Entre seus compromissos também está a criação de uma legislação que obrigue o município a assegurar permanentemente a doação de alimentos e suprimentos diversos para instituições carentes, tais quais abrigos, creches, orfanatos e instituições de auxílio social e de resgate e cuidado com os animais. “O objetivo é usar nossas ideias para transformar a realidade das pessoas”, afirma o pré-candidato.

Entrevistado pelo site DEOLHO NEWS, o pré candidato afirma que estará a disposição da cidade para cumprir seu papel legislativo em fiscalizar o executivo no cumprimento dos seus deveres. Já fazemos isso e precisamos do apoio das pessoas para podermos fiscalizar ainda mais em prol da nossa cidade.

“Minha intenção é levar para a câmara de vereadores de Lauro de Freitas, cidade em que eu nasci e fui criado para contribuir e ajudar nossa gente no desenvolvimento de Santo Amaro de Ipitanga”.

Léo de Topó

Perguntado sobre o compromisso de doar 50% dos seus vencimentos como vereador, Léo de Topó explica que será feito um rodízio. Todo mês será escolhida uma entidade e o valor será entregue em forma de alimentos, materiais de limpeza e higiene e equipamentos. “Faremos um mapeamento de todas as instituições, devidamente registradas no município, para definir as necessidades de cada uma e entregar o que realmente necessitam.

As instituições de caridade merecem muito mais que isso. Se fossemos menos gananciosos e cada um fizesse a sua parte, tudo seria diferente! ”.

Para que não haja dúvidas sobre seu compromisso, Léo de Topó garante que irá registrar em cartório um documento, confirmando sua decisão. “Aprendi com meu pai “Topogigio” que homem tem que ter palavra. Mesmo assumindo o compromisso, faço questão de deixar registrado.

Em momentos difíceis de nossas vidas, descobrimos o quanto é importante o poder da doação. Eu senti na pele, fiquei grato, aprendi e quero levar isso para as pessoas”, concluiu Léo de Topó.

Fonte: deolhonews

Compartilhe