PP de Leão pode deixar aliança com PT de Moema em Lauro de Freitas 

PP de Leão

PP de Leão pode deixar aliança com PT de Moema

Cardim pede ‘diálogo’ a Moema e não descarta afastamento do PP da gestão de Lauro

Ex-secretário municipal de Lauro é pré-candidato a prefeito da cidade administrada por Moema Gramacho (PT). PP de Leão.

Leia mais: Entrevista com o pré-candidato a prefeito de Lauro de Freitas Leo Barros

Leia mais: Homem promete casar com mãe de duas crianças de 1 e 4 anos se ela deixar ele estuprar as meninas, e ela aceita

Depois de romper com Mirela Macedo (PSD), a prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho (PT), pode perder a aliança com outro forte partido da base do governador Rui Costa, o PP, do vice-governador João Leão.

Ao bahia.ba, o pré-candidato do PP a prefeito de Lauro, Mauro Cardim, explicou que a executiva estadual do partido decidirá sobre a aliança com a prefeita Moema Gramacho (PT).

Segundo ele, haverá uma reunião com o vice-governador João Leão para discutir a parceria com a gestão. “Estou aguardando. Estamos conversando sobre ampliar ou se afastar [da gestão]. Estamos em fase preliminar”.

A definição deve acontecer nas próximas semanas. Sem Cardim, exonerado da Secretaria de Planejamento de Lauro para assumir a superintendência de mobilidade da cidade, o PP ficou sem nenhuma pasta municipal.

Segundo Cardim, a gestão da petista tem “pontos positivos” e “muitos pontos que poderiam ser ajustados”. Para ele, “falta mais diálogo, falta conversar mais”.

“[Moema] precisa acreditar mais nos parceiros que ela tem. Hoje em dia ninguém governa sozinho. Pra se governar precisa de bons parceiros. Dentro do que assumi com ela, cumpri minha função”, destacou o ex-secretário, que retorna de férias no próximo dia 20.

Sobre 2020, Mauro Cardim não nega: “Minha ambição é chegar ao topo. Trabalhar para que a cidade me prestigie, reconheça meu esforço. O vice-governador João Leão tem repetido que o partido terá candidatura própria e meu nome sempre é lembrado”.

Compartilhe