Por que você foi pra lá? Diz mulher de Gugu debruçada no caixão do apresentador

Gugu

Mulher de Gugu debruçada no caixão desabafa…

A família de Gugu Liberato chegou às 8h38 desta sexta-feira (29) na Assembleia Legislativa de São Paulo, no Ibirapuera, Zona Sul da capital, para acompanhar os momentos finais do velório e seguir no cortejo para o cemitério.

Ao sair da van que trouxe a família, a companheira de Gugu, Rose Di Matteo, fez um sinal de coração com as mãos para os fãs que aplaudiam os parentes do apresentador na entrada da Alesp. Ao chegar ao caixão de Gugu, Rose se emocionou e lembrou o acidente fatal do apresentador.

“Por que você foi para lá? O que você tinha que fazer lá? Estava tudo certo para a gente voltar, estava tudo bem”, diz companheira de Gugu, emocionada, debruçada sobre o corpo do apresentador.

Maria do Céu, mãe de Gugu, chegou de cadeira de rodas no salão, mas foi caminhando com ajuda de uma bengala até o caixão. Ela estava muito emocionada, chorou e rezou com a mão em cima do corpo. A cena emocionou todos os presentes. Depois, ela foi abraçada por uma das gêmeas, pela nora e se sentou entre as duas.

O padre Osmar Alves, da paróquia São José Operário, em Osasco, na Grande São Paulo, fez uma oração com a família de Gugu. “Nossa história não termina por aqui. Essa felicidade seguirá para a eternidade. Certamente ficará essa saudade para sempre”, disse ele.

Após a cerimônia religiosa, às 10h17 o caixão com o corpo do artista seguiu em cortejo em cima do caminhão do Corpo de Bombeiros para o Cemitério Gethsêmani, no Morumbi, onde será enterrado.

Gugu

Compartilhe