cesariana em menina de 3 anos

Plano paga por cirurgia cesariana em menina de 3 anos. A corporação instaurou um processo administrativo para averiguar o caso nessa quinta-feira (28/4). Apuração tem 30 dias para ser concluída

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) instaurou processo administrativo para apurar o motivo de uma empresa ter autorizado um procedimento de cesárea em uma menina de 3 anos. A garota seria cadastrada como dependente de um policial militar. Uma cesariana em menina de 3 anos?

A ação foi instaurada nessa quinta-feira (28/4) e tem 30 dias para ser concluída. De acordo com a portaria que regulariza o processo, publicada no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) de ontem, a empresa Infoway teria “autorizado parto cesariana a uma dependente de policial militar que possui apenas 3 anos de idade”. Além disso, na análise de contas médicas, ela autorizou a PMDF a pagar pelo procedimento.

Veja a publicação:

Segundo o texto, a Infoway processou, auditou e autorizou o pagamento duas vezes pelo mesmo atendimento. A empresa é de gestão integrada para planos de saúde.

Um capitão do Departamento de Saúde e Assistência ao Pessoal (DSAP) da PMDF foi designado para apurar o caso. Ele deverá reunir documentos aos autos do processo administrativo, contrato e eventuais aditamentos, além de solicitar documentos, ouvir pessoas, fazer diligências e tomar demais providências pertinentes à apuração dos fatos.

Finalizado o processo, a defesa dos envolvidos terá cinco dias para se manifestar. Demais informações são sigilosas por se tratar de uma menor de 18 anos.

Procurada, a PM informou que trabalha para apurar e identificar em que momento aconteceu o erro no processamento. A empresa ainda não se manifestou oficialmente sobre o caso. O espaço segue aberto.

cesariana é um procedimento cirúrgico (operação) para a extração do feto (nascimento do bebé) por via abdominal através da realização de um pequeno corte realizado acima da púbis da mãe.

Há que ter em conta que uma cesariana deve ser realizada para evitar um mal maior, ou seja, para evitar um problema grave para o feto ou para a mãe. Apesar de ser um procedimento muito seguro na atualidade, deve apenas ser realizado em determinadas condições. Veja adiante mais informação em “indicações da cesariana”.

Em muitos países europeus e americanos tem havido um aumento do número de partos por cesariana. A questão coloca-se se este aumento do número de cesarianas é justificado por razões médicas ou não. As explicações são muitas e as conclusões não são fáceis. Entender algumas considerações permite analisar melhor o tema.

A organização mundial de saúde (OMS) recomenda manter a taxa de cesarianas abaixo dos 15%. Mas convém recordar que este número não leva em consideração a heterogeneidade étnica, o aumento da idade materna, as técnicas de reprodução medicamente assistidas e o aumento das gravidezes múltiplas (gémeos) em muitas sociedades modernas. Portanto, seria mais lógico considerar um valor maior, que segundo o nosso tipo de população rondaria os 20 a 25%.

A cesariana é uma intervenção cirúrgica com riscos maternos muito baixos, mas superior ao parto vaginal (veja quais em riscos da cesariana e comparação com o parto normal). Por isto, a cesariana deve ser realizada apenas em determinadas condições.

Um minuto, por favor…

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras custa tempo e dinheiro. Nós, do DEOLHO News, temos o compromisso diário de levar até os leitores conteúdos críticos, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Se você acredita no nosso trabalho, apoie da maneira que puder ou, se preferir… Faça uma Doação CLICANDO AQUI

Compartilhe