Pai joga filha em rio

Pai joga filha em rio e se joga em seguida em MG

Após o término do relacionamento pela mulher, um homem jogou a filha de seis anos de idade do casal em um rio em Minas Gerais e se atirou em seguida. O caso ocorreu no município de Ponte Nova (MG), a 180 km de Belo Horizonte. Pai joga filha em rio

VÍDEO: Mãe viaja com filho morto de Saubara até Lauro de Freitas após assassinato

Segundo relatos de testemunhas à Polícia Militar, o homem, de 26 anos, e a menina se aproximaram de uma ponte sobre o rio Piranga por volta das 20h50 de sábado (5).

Já na ponte, ele deu “dois ou três socos” na criança, segundo consta no boletim de ocorrência da polícia, e a jogou “aparentemente desfalecida”, antes de pular também. Os dois ainda não foram localizados.

As testemunhas que falaram com a polícia afirmaram que estavam em uma lanchonete próxima à ponte e viram o homem jogar a menina e depois se lançar no rio. Logo em seguida, a mãe da criança chegou ao local, passou mal e precisou ser levada ao hospital.

A mulher contou à PM que tinha um relacionamento com o pai da criança, mas que não moravam mais juntos. Afirmou que o homem não aceitou o término e havia ficado nervoso ao ficar sabendo, no próprio sábado, que a ex-mulher teria se relacionado com outra pessoa.

O homem, por volta das 18h, iniciou uma série de contatos com a ex-companheira, que estava trabalhando. Ao não conseguir falar com a mulher, ligou para o seu local de trabalho e deixou um recado com a dona do estabelecimento. “Diz aí pra ela que vou jogar nossa filha da ponte do Bahamas”, como é conhecida a região.

O pai foi em busca da filha na casa em que a menina estava com tios e primos. Todos decidiram, então, passear e, ao final, lanchar. Quando o encontro estava por terminar, ainda antes de irem comer, o pai tentou levar a menina para um local diferente do da família.

A menina, no entanto, disse que queria ficar com os primos, conforme relatos de familiares que também conversaram com a polícia. O pai, na tentativa de convencê-la, disse que daria a ela seu celular para ela mexer. A criança aceitou e saiu com ele.

Antes de levá-la para a ponte, o homem chegou a mandar para a mãe da criança uma foto da menina brincando em um pula-pula durante o passeio com parentes. A reportagem não conseguiu contato com representantes dele. Na manhã desta segunda-feira (7), o Corpo de Bombeiros retomou as buscas por pai e filha, iniciadas na noite de sábado.

Os trabalhos estão sendo dificultados pela grande quantidade de galhos e detritos remexidos por causa das chuvas. As buscas são concentradas em áreas mais profundas e remansos.

Um minuto, por favor…

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras custa tempo e dinheiro. Nós, do DEOLHO News, temos o compromisso diário de levar até os leitores conteúdos críticos, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Se você acredita no nosso trabalho, apoie da maneira que puder ou, se preferir… Faça uma Doação CLICANDO AQUI

Compartilhe