Pabllo Vittar é expulsa do país, se revolta e bate de frente

Pabllo Vittar é expulsa do país

Pabllo Vittar é expulsa do país e bate de frente

Após demonstrar grande repúdio ao Jair Bolsonaro durante as eleições, criou-se a fake news de que Pabllo Vittar sairia do país caso o candidato do PSL ganhasse as eleições. Depois da vitória do mesmo, muitos eleitores foram cobrar a saída da drag queen do Brasil nas redes sociais da cantora.

Leia mais: Mulher comete suicídio após ser exposta pelo marido em rede social

“Gente, Pabllo ainda tá aqui??? Eu ajudo com as malas o que for preciso”, comentou uma usuária em uma das fotos da artista. “O avião já está te esperando @pabllovittar, bye bye!”, outro comentou. “Passa daqui lixo”, “Ridícula vai embora kkkkk” e “Quando é o seu voô? To doido pra te ver fora do meu país!”, foram mais alguns comentários feitos para a Pabllo Vittar.

Leia mais: Garota mata e enterra o próprio filho recém-nascido ‘eu não queria ser mãe’

Em resposta a todos os insultos, a cantora publicou uma foto com a legenda: “Não vou deitar”, fazendo referência a uma música dela que foi lançada dia 4 de outubro deste ano. Atualmente, a música tem 800 mil visualizações no YouTube.

A FAKE NEWS SOBRE PABLLO

Mesmo não tendo se candidatado para nenhum cargo público, Pabllo Vittar acabou se tornando um dos assuntos mais comentados nessas eleições. Isso porque há um boato antigo de que ele deixará o Brasil caso Jair Bolsonaro (PSL) seja eleito como nosso próximo presidente.

Pabllo Vittar é expulsa do país

Com essa possibilidade cada vez mais provável, Pabllo novamente esclareceu e deixou claro de que se trata de uma fake news. Em vídeo gravado para uma página política, Vittar desmentiu diversas notícias falsas que circulam a seu respeito.

“Para de ficar indo na minha rede social falar pra eu arrumar as minhas malas, meu amor. Porque eu não vou embora do meu país. eu nasci aqui e vou morrer aqui”, disparou o cantor ao falar sobre a fake news de deixar o país, a mais famosa delas.

Compartilhe