Elza Soares

‘E aí ela fechou o olho e foi indo’, emendou Vanessa Soares, neta de Elza Soares

Uma das netas de Elza Soares, que morreu no Rio nesta quinta-feira (20), contou que a avó não apenas sentiu que estava partindo. Momentos antes de falecer, a cantora afirmou a parentes: “Eles estão chegando”.

Leia mais: Rui Costa publica portarias para demitir 141 policiais militares que não tomaram a vacina contra Covid-19

Vanessa Soares contou que, mais cedo, a avó chegou a fazer uma sessão de fisioterapia, “mas ela disse que estava se sentindo um pouco cansada”. “A gente achou que fosse cansaço da viagem. Era um corpo de 90 anos!”, pontuou.

“Quando foi por volta de meio-dia, 13h, ela começou a passar mal (…). Ela virou para mim e disse assim: ‘Eu tô morrendo’. Eu falei: ‘Tá não, minha rainha.’”, recordou. Vanessa mandou mensagem para os médicos de Elza e pediu ajuda ao marido.

“Eduardo chegou no quarto. ‘Fala aí, Elzão! E aí?’. Ela virou para ele e falou assim: ‘Eles estão chegando’. ‘E aí ela fechou o olho e foi indo’, emendou.

“Elza foi no dia que ela quis, da forma que ela quis, sem sofrimento, cercada da família, despejando amor e recebendo muito amor”, continuou. Pedro Loureiro, empresário de Elza, contou que a quinta-feira “começou como outro qualquer”.

“Ela estava bem, gravou o DVD no dia 17 e 18 de janeiro. Acordou hoje e fez fisioterapia. Tudo normal. A gente até percebeu um leve cansaço nela, uma respiração mais ofegante, mas achamos que foi por causa da físio”, lembra Pedro.

Ele conta ainda que depois desse momento, Elza pediu para descansar e começou a apresentar a fala um pouco embolada. O fato chamou atenção de Pedro e de outros familiares que estavam com ela. Mas Elza brigou com eles garantindo que estava bem.

Um tempo depois, a cantora dirigiu-se aos familiares e disse: “Eu acho que eu vou morrer”.

Um minuto, por favor…

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras custa tempo e dinheiro. Nós, do DEOLHO News, temos o compromisso diário de levar até os leitores conteúdos críticos, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Se você acredita no nosso trabalho, apoie da maneira que puder ou, se preferir… Faça uma Doação CLICANDO AQUI

Compartilhe