Mulher trans é assassinada com tiro nas costas enquanto caminhava

Mulher trans é assassinada

Mulher trans é assassinada com tiro nas costas

Karliane Vitória, 21 anos, assassinada com um tiro nas costas em Taguatinga Sul, no Distrito Federal, na última terça-feira (4/12). O corpo dela será velado em Porto Velho (RO), neste domingo (9/12). Segundo testemunhas, a mulher trans foi morta por um homem de bicicleta com um revolver calibre 22. Mulher trans é assassinada.

Leia mais: Mulher é estuprada em Lauro de Freitas durante 8 horas dentro de casa

Karliane caminhava e era seguida pelo assassino, que estava de bicicleta e vestia uma jaqueta verde camuflada, semelhante a do Exército Brasileiro.

Leia mais: Filho esquarteja o próprio pai e usa o cadáver como “rack” de TV

De acordo com o Metrópole, a dupla seguiu em direção a um quiosque, local onde é comum prostitutas fazerem programas. Pouco tempo depois, a mesma testemunha ouviu a vítima gritar por socorro e, em seguida, vários disparos foram feitos. Outras pessoas também visualizaram o suspeito fugindo para o local conhecido como “Favelinha”.

Karliane Vitória se mudou para Brasília em 2016 e, de acordo com informações, fazia programa na região.

Mulher trans é assassinada

Compartilhe