Moema rebate Neto sobre requalificação de praça em Itinga!

Moema rebate Neto sobre requalificação de praça em Itinga!

Moema rebate Neto… O prefeito de Salvador ACM Neto (DEM) não vai mais assinar a ordem de requalificação de uma praça no bairro de Itinga, que seria feito ainda nesta quarta-feira (1). Isso porque, a prefeitura de Lauro de Freitas, gerida por Moema Gramacho (PT), apreendeu um caminhão de materiais de construção da prefeitura da capital baiana na tarde de hoje. A disputa territorial entre as prefeituras está acontecendo há meses. A briga, no entanto, vai para a justiça. O prefeito ACM Neto, em discurso inflamado, nesta tarde, não poupou as criticas à prefeita Moema e afirmou que vai brigar na justiça.

Leia também:

Saiba como obter empréstimo do Bolsa Família para abrir o próprio negócio

Ao BNews, a prefeita de Lauro de Freitas Moema Gramacho (PT) assumiu que deu a ordem de retirada de material. “Mandei tirar e se botar vou mandar tirar de novo. Primeiro que não é praça é um canteirozinho que ele quer inaugurar dizendo que é praça em uma área que historicamente foi administrada por Lauro de Freitas, desde a sua emancipação. Ele que vá mandar tirar o carro que foi apreendido, pague a multa e tire. Salvador nunca colocou um prego aqui. Aqui não é terra de ninguém não, aqui tem dono ”, disparou a prefeita.

Moema defendeu ainda que fosse feito uma consulta ao povo de Lauro. “Eu defendo que faça consulta ao povo. Quando a lei de 2011 definiu que quando não houver  consenso entre os municípios quem define é a Alba. Ele não vai na Comissão para debater e quer entrar  na tora? não vai não!”

Moema rebate Neto

Sobre o prefeito ter chamado de chiliquenta, Moema rebateu. “Ele deveria me respeitar, se não me respeita que respeite o povo. Eu estava aqui esperando ele, ele fez que vinha e não veio, recuou. Se o povo disser que quer  ele aqui eu abro mão”, disse. Para a prefeita de Lauro existe uma disputa eleitoral. “Ele não quer cuidar do povo daqui. O problema é a disputa antecipada de governo das estações do Aeroporto e Transbordo”, cravou.

Fonte: Bnews

Compartilhe