Moema Gramacho acusa oposição de fazer campanha antecipada em Lauro de Freitas

Lauro de Freitas

Lauro de Freitas: Moema Gramacho acusa oposição de fazer campanha antecipada

A prefeita de Lauro de Freitas Moema Gramacho (PT) disse nesta terça-feira (9) que ainda não está falando no processo eleitoral de 2020 na cidade da região metropolitana de Salvador, pois “a lei não permite”. “Acho que estão fazendo campanha antecipada, e eu estou de olho nisso.

Leia mais: Faculdade abre mais de 10 mil cursos gratuitos em Lauro de Freitas e Salvador

Aqueles que estão fazendo campanha antecipada provavelmente responderão na justiça por isso”, advertiu.

Leia mais: Conserto do muro em estádio de Lauro de Freitas vai custar R$ 304 mil aos cofres públicos

Moema deu a declaração quando questionada sobre de que maneira analisava as movimentações de adversários políticos. A prefeita disse que enquanto seus oponentes antecipam o certame eleitoral em 2020 “escancaradamente”, ela tem procurado focar no seu trabalho à frente da prefeitura.

Ela explica que os recursos são advindos dos cofres da prefeitura, do Tesouro Nacional, do governo federal e de parcerias com o governo estadual. Ela também afirmou que encontrou a cidade “destruída”, e que vem reconstruindo Lauro de Freitas. Por fim, Moema acrescentou que não se sente ameaçada por “ninguém que faça politicagem”.

Rompimento

Questionada sobre sua relação a deputada Mirela Macedo (PSD), Moema reafirmou que não tem mais nenhum tipo de relação com a parlamentar. “Quem rompeu foi ela. Então, ela que assuma as consequências do rompimento. O PSD dela rompeu comigo, mas tem uma boa parte do PSD que provavelmente não marchou com ela e segue comigo”, ponderou.

Compartilhe