Menino de 3 anos morre queimado após pais irem pular Carnaval

Menino de 3 anos morre queimado após pais irem pular Carnaval

Menino de 3 anos morre queimado após pais irem pular Carnaval

Morre menino que teve 90% do corpo queimado após pais irem para o Carnaval

O menino Bernardo, de 3 anos, que teve 90% de seu corpo queimado, durante um incêndio em sua casa, na última segunda-feira (4), morreu na noite desta terça-feira(5), no Hospital Municipal Pedro II, na zona oeste da cidade do Rio de Janeiro. Menino de 3 anos morre queimado após pais irem pular Carnaval

Leia mais: Homem estupra adolescente por 8 horas e obriga mãe a segurar a filha

Ele estava internado na unidade desde a madrugada do dia 4. A informação foi divulgada pela Secretaria Municipal de Saúde do Rio.

O incêndio foi provocado provavelmente por um curto circuito na casa. Ele estava sozinho quando o fogo começou. A suspeita é que os pais saíram de casa, em Santa Cruz, na zona oeste da cidade, e deixaram a criança sozinha, para irem para o Carnaval. Os dois foram presos pela Polícia Civil por abandono de incapaz.

O CASO

Os pais de um menino de 3 anos o trancaram em casa para ir para o Carnaval, na região da Estrada dos Palmares, em Santa Cruz, na zona oeste. Sozinha, em casa, a criança acabou com 90% do corpo queimado. A suspeita é que houve um curto circuito no ventilador do apartamento da família.

A criança deu entrada na madrugada de hoje (4) no Hospital Municipal Pedro II, na zona oeste da cidade, e encontra-se em estado grave. Segundo a Secretaria Municipal da Saúde, apresenta um quadro grave de saúde e está no Centro de Tratamento Intensivo (CTI).

A Secretaria de Polícia Militar informou que os pais do menino foram presos em flagrante ao chegar a unidade hospital e posteriormente foram detidos e conduzidos para a 35ª DP (Campo Grande), onde estão presos e acusados de abandono de incapaz.

Em nota, a assessoria de imprensa da Secretaria de Polícia Militar informou que policiais do 27ª BPM (Santa Cruz) foram acionados.

“Segundo a denúncia, [a criança] estaria abandonada pelos pais em um apartamento na Estrada dos Palmares e fora socorrida por vizinhos”, diz a nota. “No local a equipe constatou o fato e o relato dos vizinhos de que os pais saíram para o carnaval e trancaram a criança na residência que acabou pegando fogo.”

Compartilhe