Menina é morta pelo próprio pai depois de homenagem na internet

Menina é morta pelo pai depois de homenagem na internet

Menina é morta pelo pai A jovem Anna Victoria Corrêa, 18 anos, foi morta a tiros pelo pai em Guaraci, no interior de São Paulo, pouco depois de postar uma homenagem para ele porconta do Dia dos Pais.

O agente penitenciário Ronaldo da Silva Corrêa, 49 anos, atirou na mulher, Rosicleia da Silva, 46, na filha e depois na própria cabeça. A informação é do G1.

Menina é morta pelo pai
Anna postou uma foto com o pai em uma rede social. “Feliz Dia dos Pais, meu negão”, escreveu ela na legenda. Mãe e filha morreram no local depois dos tiros. Ronaldo ainda foi socorrido com vida para uma unidade médica em Barretos, mas morreu à noite por conta dos ferimentos.

Um outro filho do casal, de 5 anos, presenciou os crimes e saiu para pedir ajuda. Vizinhos o socorreram e ele está com um deles por enquanto. A Justiça vai decidir quem terá a guarda da criança a partir de agora.

A cidade ficou chocada com o crime. A vizinha Luciama Bastres afirmou que o agente era educado e a mulher bastante alegre. “A gente está muito chocado”.
Os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal. Os corpos de mãe e filha serão velados em Guaraci, na segunda-feira (14).

LEIA TAMBÉM:

Radialista Zé Bim é preso com drogas

Uma adolescente de 16 anos foi encontrada morta às margens de um rio no povoado de Curralinho, zona rural da cidade de Curaçá, no norte da Bahia. De acordo com a Polícia Civil, o caso ocorreu na madrugada desta segunda-feira (17) e, desde que a menina foi achada morta, o pai dela, um homem de 44 anos, está desaparecido.

Conforme a polícia, o pai da adolescente está sendo procurado para esclarecimentos, já que a última vez que a garota foi vista, ela estava com o pai em uma festa.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*