Adolescente é morta a tiros após anunciar mudança de facção criminosa

Dias antes ela tinha gravado e divulgado nas redes sociais um vídeo anunciando sua saída da facção criminosa GDE (Guardiões do Estado) e ingressando na facção 1533.

Veja também: “Me masturbo desde criança”, diz atriz da Globo que choca a internet

Veja também: Vestida de noiva, mulher foge com amante e deixa noivo no altar, veja vídeo 

O corpo de uma jovem identificada apenas por Lindiane ou “Bruxa Alertina” foi encontrado crivado de balas de grosso calibre na cabeça por volta das 17 horas desta quarta-feira. O cadáver estava no Sítio Baixio do Exu perto da casa onde morou o ex-prefeito de Várzea Alegre Irã Costa, próximo ao perímetro urbano mais precisamente o bairro Zezinho Costa.

Dias antes ela tinha gravado e divulgado nas redes sociais um vídeo anunciando sua saída da facção criminosa GDE (Guardiões do Estado) e ingressando na facção 1533. A garota diz que vai “rasgar” a camisa da GDE e ir “pro certo, justo e correto: 1533 tudo um… passa nada”. O corpo foi recolhido pelo rabecão para ser necropsiado na Perícia Forense de Iguatu.

facção criminosa

Foi o primeiro homicídio de fevereiro em Várzea Alegre e o terceiro do ano. Em relação às mulheres, a quinta assassinada este ano no Cariri. Sábado completou cinco ano que a última pessoa do sexo feminino tinha sido morta em Várzea Alegre.

No dia 8 de fevereiro de 2015 Marcela Santos Silva, de 25 anos, que residia na Rua André Alves Costa (Bairro Zezinho Costa), foi quase degolada a golpes de facão e alvejada a tiros por três homens identificados como “Valmir”, Fransquim e “Zé de Nonato” os quais mataram ainda o seu sogro Antonio Maurício de Sousa, de 57 anos, e lesionaram o marido dela Fernando de Lima Sousa, de 24 anos, após confusão em um bar

Compartilhe