padrasto

A criança foi ouvida em depoimento em maio deste ano, e foi feito o pedido de produção antecipada de provas contra o padrasto

Uma menina, de 10 anos, teve de pedir socorro através de mensagens de celular para a sua avó, após ser estuprada pelo padrasto, de 28 anos, enquanto dormia. O crime aconteceu em uma propriedade rural de uma cidade de Mato Grosso do Sul.

A criança foi ouvida em depoimento especial na delegacia em maio deste ano, depois de 7 meses do crime, que aconteceu em outubro de 2020, quando estava passando a noite na casa de sua mãe. O padrasto teria aproveitado que a criança estava dormindo para colocar o dedo na boca dela e passar as mãos em seu corpo.

A criança acordou assustada e passou a mandar mensagens para a sua avó, que tem a guarda da menina, e para a tia, falando que o padrasto teria abusado dela. Os áudios enviados pela menina para sua avó confirmaram o estupro.

A investigação ainda está em curso e foi feito o pedido pela produção antecipada de provas consubstanciada no depoimento especial da criança. Não há informação se o autor chegou a ser preso ou ouvido.

Um minuto, por favor…

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras custa tempo e dinheiro. Nós, do DEOLHO News, temos o compromisso diário de levar até os leitores conteúdos críticos, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Se você acredita no nosso trabalho, apoie da maneira que puder ou, se preferir… Faça uma Doação CLICANDO AQUI

Compartilhe