Me ajude a matar a tua mãe ou eu me mato, pede pai a filha

Me ajude a matar a tua mãe ou eu me mato

Me ajude a matar a tua mãe ou eu me mato

Quando Michelle e Lloyd decidiram se divorciar, vieram muitos conflitos que até àquele dia se tinham mantido entre as quatro paredes da casa que ambos partilhavam com as suas duas filhas, nos EUA. Me ajude a matar a tua mãe ou eu me mato….

Leia mais: Filho mata a própria mãe e tenta matar o irmão em Linhares ES

O divórcio deu início a uma intensa luta pela custódia da filha mais nova, já que a mais velha, Karrie, de 19 anos, estaria estudando longe de casa. O homem acabaria por perder esta batalha judicial, sendo obrigado a pagar uma pensão à filha.

Llloyd, que já teria um histórico de violência doméstica com a mulher, acabou usando a sua filha mais velha para intensificar a guerra contra a ex-mulher.

Segundo o Mirror, Karrie era a única que continuava mantendo contacto com o pai e a preocupar-se com o seu bem-estar. Farto da situação financeira em que vivia, devido à pensão que pagava, Lloyd decidiu convencer a filha a matar a própria mãe. “Me ajude a matar a tua mãe ou eu me mato”, terá dito o homem, que seria bastante manipulador.

A jovem aceito e acabou sendo cúmplice do crime que foi cometido pelo pai e que ambos tentaram que se parecesse um suicídio.

A polícia acabou desvendando o caso e Karrie, a quando da detenção, revelou o ultimato que o pai lhe fizera.

O homem foi acusado de homicídio em primeiro grau e Karrie, embora tenha visto a sua pena ser reduzida, foi ainda assim castigada pela sua intervenção na morte da mãe.

Compartilhe