Mariana Polastreli

Mariana Polastreli diz que bancava o ex após viver um romance com Eduardo Costa.

Mariana Polastreli se tornou o assunto das redes sociais após ser acusada pelo ex-marido, o engenheiro Eduardo Polastreli, de abandoná-lo com os três filhos do casal para viver um romance com Eduardo Costa.

Em texto enviado ao jornal A Gazeta a influenciadora de Alegre confirmou que está, sim, conhecendo o sertanejo melhor. Mas a história com o ex não é bem assim, de acordo com ela.

“Disse que não ia me pronunciar sobre isso, porque acho que ainda não é o momento de eu me expressar como gostaria. Mas estou com minha imagem, meu caráter… Tudo meu foi destruído, mas por pouco tempo. Primeiro, quem foge em 2021? Quem é a pessoa que foge de um relacionamento que ela mesma conduzia?”, começa.

Mariana Polastreli

E continua: “Em 2019, eu pedi meu divórcio pela primeira vez depois de 13 anos de casada. Eu já não suportava mais a situação. Por uma sequência de coisas que aconteceram naquele ano, eu cheguei a um ponto que não queria mais. Eu já não o amava como homem há muitos anos. Quem convive comigo, sabe disso. O que existia era respeito. Por mais o que ele tenha feito agora, que ele não teve um pingo de cuidado com o meu nome. Ele jogou da forma que quis, procurando o Leo Dias”.

A influenciadora e empresária detalha ainda que, em 2019, os dois ficaram vivendo na mesma casa, mas que passaram cerca de três meses em quartos separados. Segundo Mariana, Eduardo não aceitava o fim do relacionamento e se lamentava. 

“Ele sempre foi bom marido, mas não tem nada a ver com meu amor como mulher. Quem era a provedora do lar, desde 2014, era só eu. Ele tinha empresas, quebrou, se endividou e perdeu tudo”, afirma.

De acordo com Mariana, ela não sabia como lidar com toda essa situação: com os três filhos (um de 13 anos, um de 9 e um bebê de 9 meses) e a pressão do ex-marido sofrendo pela separação.

“Ele, de fato, era bom marido porque me respeitava. Mas eu fazia o papel de homem. Com esses três meses instáveis, fiquei e voltei pelos meus filhos. Depois, engravidei do meu último filho, o Theo, que tem 9 meses, que foi nesse movimento de volta do casamento, mas não tinha mais o sentimento de homem e mulher”, retruca.

Mariana garante que quer se separar. “Pedi o divórcio de novo. Falei que respeitava ele, mas que não o amava como marido. E ele falou que eu tinha que me tratar. Falei que ia sair no dia seguinte, mas acho que ele pensou que eu faria como da primeira vez, que eu não teria coragem. Mas dessa vez eu fiz”, completa ela.

Mariana, que atualmente está morando em Vila Velha, no Espírito Santo, se mudou com a mãe e os filhos. 

“Eu estou sendo julgada porque pedi o divórcio, porque saí de casa. Se fosse ele no meu papel, estava tudo certo. Mas as pessoas estão me julgando porque não têm a coragem que eu tive”, narra.

E finaliza: “Quando saí de casa, fiquei fora de quinta a domingo. Eu precisava de um tempo para mim. Não fugi, como ele falou. Eu tomo atitude, não dependo. Meu marido que sempre dependeu de mim. Só que, dessa vez, ele se desesperou. O ato de se expor dessa forma foi um ato de desespero. E infelizmente quando tento blindar meus filhos disso, ele tenta jogar a todo tempo”.

Um minuto, por favor…

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras custa tempo e dinheiro. Nós, do DEOLHO News, temos o compromisso diário de levar até os leitores conteúdos críticos, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Se você acredita no nosso trabalho, apoie da maneira que puder ou, se preferir… Faça uma Doação CLICANDO AQUI

Compartilhe