Como esta Roberto Baggio? Jogador que perdeu o pênalti na copa de 94 contra o Brasil

Como esta Roberto Baggio? Jogador que perdeu o pênalti na copa de 94

Um dos maiores jogadores da história do futebol italiano e mundial foi, em grande parte de sua carreira, muito injustiçado. Roberto Baggio, que ficou conhecido pelo bizarro apelido “O Rabo de Cavalo Divino”, venceu pouquíssimos títulos como jogador, uma judiação para semelhante craque. Porém, Baggio fez história como poucos.

Foi o primeiro e único jogador italiano a marcar gol em três Copas do Mundo diferentes, foi um dos poucos a jogar nos três maiores clubes do país (Juventus, Milan e Internazionale), venceu a Bola de Ouro e o prêmio de Melhor Jogador do Mundo da FIFA, ambos em 1993, e foi o primeiro jogador italiano a marcar mais de 300 gols depois de mais de 50 anos, em 2002.

Sempre lembrado pela incrível habilidade, pelas jogadas de efeito e pelos muitos gols marcados, Baggio foi ídolo por onde passou e um mito no futebol. Mesmo com tantas marcas, a maior delas foi negativa: o pênalti perdido na final da Copa do Mundo de 1994, contra o Brasil. Embora tenha cometido esse erro fatídico, não foi crucificado na Itália e seguiu como ídolo, tendo jogado, inclusive, na Copa seguinte, em 1998. É hora de relembrar a carreira desse craque.

 

Pequeno notável

Baggio nasceu em Caldogno, no norte da Itália, sendo um dos 8 filhos de Matilde e Fiorindo Baggio. Desde pequeno, Roberto se interessou pelo futebol e começou a jogar no Vicenza aos 13 anos. O jovem tinha como ídolos os brasileiros Chinesinho (que jogou no Vicenza no começo da década de 70) e Zico.

Baggio rapidamente brilhou e ajudou a equipe do Vicenza a conquistar o título da Série C1. Arisco e muito habilidoso, ele virou a estrela do time, o que também iniciou uma constante caça dos zagueiros adversários, que o levariam a ter muitos problemas no joelho durante sua carreira. Depois de alguns anos de ótimas partidas, o jovem craque foi contratado pela Fiorentina, em 1985.

Em Florença, Baggio demorou a estrear por conta de uma delicada cirurgia no joelho esquerdo, onde foram necessários mais de 200 pontos para a costura da região. Depois de uma longa espera, o craque estreou em 1986 com a camisa da Viola e depois de algumas partidas já virou ídolo do time.

De 1986 até 1989, Baggio marcou muitos gols e foi um dos pilares do ataque da equipe de Florença, pelo talento e pela qualidade dos gols. Suas apresentações o levaram para a seleção da Itália que tentaria o tetracampeonato mundial jogando em casa, em 1990. Antes, ele quase venceu seu primeiro título de expressão com a Fiorentina, a Copa da UEFA, mas sua equipe perdeu para a Juventus de Casiraghi, Schillaci e Aleinikov.

 

A Copa definitiva

Jogador que perdeu o pênalti na copa de 94

Baggio começou o ano de 1994 como a maior esperança italiana na luta pelo título que escapou no Mundial de 1990. Os italianos eram comandados pela lenda Arrigo Sacchi, que fez do Milan um dos maiores times de todos os tempos no final da década de 80. Todos acreditavam que Sacchi poderia repetir o feito na seleção da Itália, que tinha muitos talentos como Pagliuca, Maldini, Baresi, Costacurta, Tassotti, Albertini, Dino Baggio, Donadoni, Massaro, Signori e Roberto Baggio.

Como é de praxe (com exceção de 1990), a Itália começou mal a Copa de 1994, nos EUA. A Azzurra perdeu para a Irlanda por 1 a 0, venceu a Noruega por 1 a 0 e empatou com o México em 1 a 1. Se fosse hoje, os italianos seriam eliminados, pois terminaram na terceira posição. Mas a equipe avançou como uma “das melhores terceiras colocadas”, assim como a Argentina, por exemplo.

Jogador que perdeu o pênalti na copa de 94
Roberto Baggio hoje

Fonte: imortaisdofutebol.com

Compartilhe