João Leão

João Leão detalha encontro com empresários alvos da PF e pede instalação da CPI dos respiradores

Após ter tido um pedido de mandado de busca e apreensão contra si no âmbito da Operação Cianose, negado pelo ministro Og Fernandes, do Superior Tribunal de Justiça, o vice-governador João Leão detalhou, ao Bahia Notícias, os contatos que teve com os empresários Cleber Isaac e Paulo de Tarso, investigados no processo da aquisição de 300 respiradores pelo Consórcio Nordeste, que nunca foram entregues. Leão ainda aproveitou o ensejo para pedir que o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Adolfo Menezes (PSD), instale a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o episódio.

Veja também: Homem faz tatuagem no ÂNUS em protesto contra Bolsonaro

Segundo Leão, não há razões para “esconder”, pois uma interpelação movida por ele contra os empresários já o isentou de qualquer participação em negociações. “Realmente eu recebi os dois na SDE. Chegaram os dois empresários, querendo falar com o secretário. Eu mandei entrar. Parei a reunião e atendi os caras na minha mesa”, relatou o vice-governador, indicando que diretores da SDE estavam na sala no momento da conversa.

“Eles queriam botar uma fábrica de respiradores, para isso me procuraram. Eu peguei e disse: ‘Cadê o certificado da Anvisa?’. Eles disseram que deram entrada e que não tinham conseguido ainda. Aí eu disse que não poderia arrumar terreno para colocar uma fábrica de algo sem certificado. Eu mandei testar os respiradores no Cimatec e pedi um laudo. O Cimatec me mandou o laudo que tinha 13 problemas no respirador, que não funcionava”, completou. Para além da construção da fábrica, os empresários tentavam a intermediação dele para obter empréstimos no Banco do Nordeste. “O único contato que tive com esses caras foi esse”, revelou.

CPI DOS RESPIRADORES

Leão, para evitar ser tragado para o episódio, se antecipou e fez um pedido incomum para a classe política. “Estão envolvendo o meu nome nessa história e quero ir depor na Assembleia”, pediu, numa referência a CPI dos respiradores, proposta por deputados de oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA)  e parada sob a tutela do presidente Adolfo Menezes.

Um minuto, por favor…

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras custa tempo e dinheiro. Nós, do DEOLHO News, temos o compromisso diário de levar até os leitores conteúdos críticos, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Se você acredita no nosso trabalho, apoie da maneira que puder ou, se preferir… Faça uma Doação CLICANDO AQUI

Compartilhe